https://www.poetris.com/
Poemas : 

Intimidade

 
Quis preservar o pudor, debalde
Teu cheiro emana perdição
Teu encanto está no toque
Os lábios pactuam com as mãos

Ocupam-me teus dedos vibrantes
Provam meu cálido orvalho
Ignora tecidos, olhares intrigantes
O desejo se fez nosso pálio

Ahh, tão profundo e apressado
Meu "Ai!" soa murmurante na tua boca
Quase pegos, quase admirados
"Vai, minha linda! Por mim, goza?"

Último suspiro contido, refreado
De forma súbita me silencia
Sufocando-me com dedos molhados
Inútil a escuridão que nos refugia
Teu fúlgido olhar me atrai, inebria
Corpos em choques apaixonados





Any W.

 
Autor
AnyWSecret
 
Texto
Data
Leituras
86
Favoritos
2
Licença
Esta obra está protegida pela licença Creative Commons
22 pontos
2
2
2
Os comentários são de propriedade de seus respectivos autores. Não somos responsáveis pelo seu conteúdo.

Enviado por Tópico
verasalviano
Publicado: 27/11/2019 04:40  Atualizado: 27/11/2019 04:40
Colaborador
Usuário desde: 16/08/2017
Localidade: Minas/Brasil
Mensagens: 581
 Re: Intimidade
Any,
Prioritei teu texto.
Marcado por tamanha sensualidade que vem de encontro ao meu sentir...
Belo! À flor da pele...