https://www.poetris.com/
Poemas : 

Não Sei

 
 

Não sei que Amor era esse Que olhos eram esses Os teus

Sabiam a Sonho a Aventura: tudo tão prosaico tão revisto no mundo de Sonhos antigos dos Outros também vistos.

Eras a surpresa da pressa do desespero credível e necessário

Eras tudo até as noites sem Sono

de Esperança

Então,
tudo tinha o teu nome No Meu Corpo.


F.P.do AMARAL, FORA DE PÉ.

[...]
O amor é talvez isto "Viver num coração dentro de outro coração"

O amor é assim só te ensina a perder

O amor desamor-próprio


 
Autor
Palas
Autor
 
Texto
Data
Leituras
138
Favoritos
1
Licença
Esta obra está protegida pela licença Creative Commons
13 pontos
1
2
1
Os comentários são de propriedade de seus respectivos autores. Não somos responsáveis pelo seu conteúdo.

Enviado por Tópico
Namas-tibet
Publicado: 12/12/2019 20:32  Atualizado: 12/12/2019 20:33
Colaborador
Usuário desde: 17/07/2018
Localidade: Azeitão/Setúbal, Portugal
Mensagens: 1061
 Re: Não Sei Palas (filha de Tritão)
De facto não sei que dizer do que disse ! se é que disse alguma coisa ! por favor dedique-se à pesca ...

Leia mais: https://www.luso-poemas.net/modules/news/article.php?storyid=347062 © Luso-Poemas