https://www.poetris.com/
 
Poemas : 

Clara

 
Tags:  amor    saudade  
 
 

Ensaio escrever-te meus desejos.
Não se assuste,
São, apenas, palavras sem sentido.

Para que contê-las em sofrimento,
Sem pervertê-las quando o sol irrompe
Com os seus beijos
Clareando a madrugada,
Acariciando o âmago das estrelas(?);

Amo-te
Onde não há mais nada,
Como se a lua cheia não tivesse uma única cratera,
Nem o sabor de mais saudade,
Sob o caldo sereno
De uma vida que a festejou como flor
No inicio da primavera.

 
Autor
Kramer
Autor
 
Texto
Data
Leituras
280
Favoritos
1
Licença
Esta obra está protegida pela licença Creative Commons
18 pontos
4
3
1
Os comentários são de propriedade de seus respectivos autores. Não somos responsáveis pelo seu conteúdo.

Enviado por Tópico
Jmattos
Publicado: 08/12/2019 04:04  Atualizado: 08/12/2019 04:04
Colaborador
Usuário desde: 03/09/2012
Localidade:
Mensagens: 16472
 Re: Clara
Kramer
Belo e sentido!
Gostei imensamente!
Beijos!
Janna

Enviado por Tópico
Branca
Publicado: 08/12/2019 15:09  Atualizado: 08/12/2019 15:09
Colaborador
Usuário desde: 05/05/2009
Localidade: Brasil
Mensagens: 3022
 Re: Clara
Seja bem vindo ao Luso caro poeta.
Gostei muito do poema, chega a tocar o coração de quem lê. Mas, é difícil conter sentimentos assim.
Aí vem a poesia ser a válvula de escape. O li várias vezes...
Só tenho a agradecer e nesse domingo ensolarado por essas bandas do Brasil, ler um poema assim, me fez ganhar o dia.

Abraço.

Claudia

Enviado por Tópico
Joel-Matos
Publicado: 21/02/2020 17:21  Atualizado: 08/03/2020 16:07
Subscritor
Usuário desde: 24/02/2017
Localidade: Azeitão/Setúbal, Portugal
Mensagens: 2219
 .
.Open in new window