https://www.poetris.com/
Poemas : 

Patrícia

 
Seria, então?
Qual seria?
Diria eu que um dia seria?

Tornei-me outro de mim.
Fiquei mais velho, quem diria!
De um tempo em que fingia,
Dizia ser quem não era.
Tornei -me! Sou aquele que supera.

Mas queria?
Saber se disso gostaria...
Obedeci instintos,
Sabia que ninguém entenderia.
Nem eu mesmo entendi.
Vi que era bom, fui.
Não vejo mais aquele que via.
Sou hoje melhor que antes,
E nem achava que melhoraria!

Como um rio, fluí.
Antes eu apenas me esconderia,
Daria desculpas.
A culpa de tudo era minha própria.
Não achava que perceberia,
Ela percebeu por mim.
Ah!... Ninguém sabia...
Que só o toque dela...
Seu beijo...
E tudo mudaria!


Rafael Carneiro


Para fazer o download do meu livro, basta clicar na opção: "Comprar agora gratuitamente com um clique", corre lá e não perca a chance de prestigiar a obra!

Clique aqui e faça o download do Livro!
 
Autor
Rafaelcarma
 
Texto
Data
Leituras
189
Favoritos
0
Licença
Esta obra está protegida pela licença Creative Commons
3 pontos
3
0
0
Os comentários são de propriedade de seus respectivos autores. Não somos responsáveis pelo seu conteúdo.

Enviado por Tópico
visitante
Publicado: 03/01/2020 18:47  Atualizado: 03/01/2020 18:47
 Re: Patrícia
Patrícia é um nome bonito. Estava a ler e a pensar... vá lá que cada vez vez estás melhor, olha, eu cada vez estou pior.
continuação de uma boa tarde