https://www.poetris.com/
Poemas : 

Entre as estrelas, a mais linda.

 
Tags:  amor    saudade    reflexão  
 
 
E se eu pudesse, enfim,
Iria lhe confessar minhas emoções,
Desenhando pelas paredes vários corações,
Decorando-as com divertidos tons azuis
Descaídos das estrelas...

...misturados a alguns róseos pompons
com padrões corados de alegria;
Estampados em seu peito,
Sem as aflições
que nele tivessem encontrado o lugar,
Para novamente plantar poesias,
e, com afeto, regar-te todos os dias;

Haveria lugar melhor para ficar ?

Não sei,
mas quando eu mesmo me pergunto,
Sei que, dentro dos meus versos,
Mudo de assunto
e vou procurar-te no meio da noite,
Como se não houvesse mais um cantinho
para onde ir,
e abrir os meus olhos,
ver os seus a sorrir,
Sobre o obscuro poder
que separa as nossas vidas,
Rindo da face pueril dos versos,
Iluminados por velas,
Se aquecendo no calor dessa chama,
Iluminados por uma romântica lareira
Traduzindo rimas
e sentimentos ternos em palavras de amor...





O POETA PEDE AO SEU AMOR
QUE LHE ESCREVA
Amor de minhas entranhas, morte viva,
em vão espero tua palavra escrita
e penso, com a flor que se murcha,
que se vivo sem mim quero perder-te.

O ar é imortal. A pedra inerte
nem conhece a sombra nem a evita.
Coração interior não necessita
o mel gelado que a lua verte.

Porém eu te sofri. Rasguei-me as veias,
tigre e pomba, sobre tua cintura
em duelo de kordiscos e açucenas.

Enche, pois, de palavras minha loucura
ou deixa-me viver em minha serena
noite da alma para sempre escura.

( tradução: William Agel de Melo ( Lorca)
 
Autor
Kramer
Autor
 
Texto
Data
Leituras
110
Favoritos
0
Licença
Esta obra está protegida pela licença Creative Commons
5 pontos
1
2
0
Os comentários são de propriedade de seus respectivos autores. Não somos responsáveis pelo seu conteúdo.

Enviado por Tópico
IsabelRFonseca
Publicado: 21/01/2020 15:08  Atualizado: 21/01/2020 15:08
Colaborador
Usuário desde: 25/05/2013
Localidade: Algures em Portugal
Mensagens: 2835
 Re: Entre as estrelas, a estrela mais linda.


Toda a poesia é imortal
mesmo entre as estrelas
velas poéticas com tanto sentimento
nas cores feitas de versos

Um abraço poeta Kramer