https://www.poetris.com/
 
Textos -> Outros : 

Conversa de enchente 2

 
* ditado popular mais tolo
*conversa de enchente





Sexta, 30 de julho, 2021




Ditado popular mais tolo



Faça o que digo
Mas não faça o que eu faço
Não sei quem disse essa enorme sabedoria

Foi alguém vendo a hipocrisia do mentiroso
Foi um mentiroso não vivendo o que fala
Quem foi eu não sei, mas o erro foi eu viver Repetindo

Mas prefiro o ditado desse jeito
Faça o que faço
Mas não faça o que mando

( falar sempre foi muito fácil, né ... )



# eu lembrei da passagem em que pode ter sido inspirado esse ditado popular .
# ali ele era só um expectador, ele não usou a palavra siga ele, foi mais um cuidado.
# as palavras são perigosas quando simplesmente são aceitas como verdade, sem nenhuma reflexão ou resposta .






Conversa de enchente



Hoje foi dia de tristeza
Objetos necessários, que as pessoas conquistou, a enchente em meia hora levou. As pessoas devem lutar, lutar pela vida, senão a entregaria ou teria a Pessoa tanta fé e entregaria para Deus.
Hoje, eu e outra pessoa, discutimos. Olhando ele viu , aquela cena de destruição, ele fez o comentário : as pessoas pobres, são as pessoas que tem mais vício, é elas não pensam no futuro, e se assim não fosse, eles teriam dinheiro.
Eu respondi : realmente existe a receita perfeita, mas não tem as paisagens certas. Ali , está uma pessoa que tem vício, ela caiu , caiu quando seus sentimentos era de dor, e pareceu para ele , quê , sobreviver ao presente, era melhor que a incerteza do futuro, e ele fugiu e alguém o abraçou, aquele que passou pela mesma dor , e no vício caiu . De quem é a culpa ? Só pode julgar aquele que não tem vício, e o meu vício não é pior que o seu.


Fé, falar de Deus é a resposta de uma procura.

 
Autor
Erotides
Autor
 
Texto
Data
Leituras
321
Favoritos
0
Licença
Esta obra está protegida pela licença Creative Commons
3 pontos
3
0
0
Os comentários são de propriedade de seus respectivos autores. Não somos responsáveis pelo seu conteúdo.

Enviado por Tópico
ZESILVEIRADOBRASIL
Publicado: 31/07/2021 11:10  Atualizado: 31/07/2021 11:10
Membro de honra
Usuário desde: 22/11/2018
Localidade: RIO - Brasil
Mensagens: 753
 Re: Conversa de enchente 2
Eita! Oremos pras águas baixarem de nível...

Essa coisa de ditado popular é muito legal! No trato interiorano (sou raiz de lá), ainda é muito comum esse frasear para ser fazer breve na comunicação. Dizia mlnha saudosa mãe pras gentes palpiteiras de plantão: "Macaco fala do rabo mas não olha o seu!".
"Pra quem quer entender um pingo é letra!"
E assim ia se proseando...
Meu abraço caRIOca!


Enviado por Tópico
visitante
Publicado: 01/08/2021 00:07  Atualizado: 01/08/2021 00:07
 Re: Conversa de enchente 2
hoje não há nada para ti. ou melhor, deixa cá ver... ah... querias que o mundo fizesse o que tu queres! nem penses. isso já os machistas tentam há muitos séculos mas enquanto eu for vivo as mulheres vencerão. ok, eu dou-te um beijinho, também não será por um beijinho a menos que ficarei pobre.
não tires a cabeça... uma boa noite