https://www.poetris.com/
Poemas : 

Partida

 
Uma e outra
E outra ainda…

Gaivotas poisando no areal
Na hora que a terra se cala
Eu, à espera do ritual
São tal qual uma orquestra
Tocando de cor a melodia
Voando na fantasia
Deste palco em festa
Que cheira a tarde e a maresia
Com o sol de partida
E o barco no horizonte

Anseio beber dessa fonte…

Quão felizes são as aves junto ao mar!
Tão livres e prontas p’ra voar!

Queria ser gaivota
E livre, na espuma ir poisar
Ensaiar o movimento da onda
Que traz e leva
E não ser preciso sonhar.


Marina Neuza Barbosa

 
Autor
Marineuza
Autor
 
Texto
Data
Leituras
28
Favoritos
0
Licença
Esta obra está protegida pela licença Creative Commons
0 pontos
0
0
0
Os comentários são de propriedade de seus respectivos autores. Não somos responsáveis pelo seu conteúdo.