https://www.poetris.com/
Mensagens -> Amor : 

... para ti (diário I)

 
 





[abro-te a porta.

...como no princípio.

apeteces-me tanto como uma música
deixando-me de olhos fechados
peito aberto
Sorriso só teu

sem fúria... mágico.
leio-te o olhar o gesto a palavra muda o calor

a velha fórmula do
eu sei que tu sabes que eu sei ponto...
tudo como no princípio em que adiávamos o fim que sabíamos chegaria... reticências

a velha fórmula do
logo se vê.

++++ de seu nome Saudade ¨¨¨¨¨¨¨¨,

deixo a porta aberta
a vela na janela

como no princípio.


 
Autor
Palas
Autor
 
Texto
Data
Leituras
105
Favoritos
1
Licença
Esta obra está protegida pela licença Creative Commons
14 pontos
2
2
1
Os comentários são de propriedade de seus respectivos autores. Não somos responsáveis pelo seu conteúdo.

Enviado por Tópico
Jmattos
Publicado: 02/06/2020 00:20  Atualizado: 02/06/2020 00:20
Colaborador
Usuário desde: 03/09/2012
Localidade:
Mensagens: 16667
 Re: ... para ti (diário I)
Palas
Adoro esses poemas vindos da alma! Tão belos e sentidos!
Obrigada pela partilha! Levei!
Beijos!
Janna

Enviado por Tópico
TrabisDeMentia
Publicado: 03/06/2020 08:41  Atualizado: 03/06/2020 08:43
Webmaster
Usuário desde: 25/01/2006
Localidade: Bombarral
Mensagens: 2370
 Re: ... para ti (diário I)
Não é preciso muito para um poeta me convencer!
(não que tenha, nem que o poema seja pouco)

Muito bom :)