https://www.poetris.com/
Poemas : 

A luz fragmentada

 


Os olhos a falarem. Em ecos
de um verde quente
a lavarem o fundo das águas
a levarem o lodo
que decompõe
a estrada.
Nos lábios
a luz.
Em reflexos intermitentes
de visões não prescritas.
A luz
e os braços atados ao corpo
num movimento inerte
de almas presas.
A luz
e um silêncio sem norte
a habitar os corpos.
A luz
e as mãos a perderem de vista
os significados das palavras
dentro de um tempo em que
exangue
o silêncio chora.

 
Autor
evelina
Autor
 
Texto
Data
Leituras
118
Favoritos
1
Licença
Esta obra está protegida pela licença Creative Commons
12 pontos
2
1
1
Os comentários são de propriedade de seus respectivos autores. Não somos responsáveis pelo seu conteúdo.

Enviado por Tópico
Esqueci
Publicado: 06/06/2020 21:01  Atualizado: 06/06/2020 21:01
Super Participativo
Usuário desde: 02/11/2019
Localidade:
Mensagens: 116
 Re: A luz fragmentada
Não tenho palavras para tão maravilhosos poemas.

Abraço