https://www.poetris.com/
Poemas : 

Por uma vírgula

 
Suspender o tempo na vírgula
que quebrava o espaço.

Tomar a asa de fogo
incêndio do pensamento

saber-te sonho
mar que me fosse cais
um punhado de terra que me fosse chão.

Em silêncio calaria a vírgula sem rosto
que separava o tempo.
A circunscrever o lado
mais aceso das reticências...

E as vozes alarmadas do vento
a galgarem as margens

como náufragos a revestirem o tempo
de bebedeiras que
morriam.


"Fizeste da tua vida
Uma catedral abandonada
Horas esquecidas
Em adoração nocturna
Pedindo silêncio
A tudo o que perdeste."

Luís Falcão, in "Pétalas negras ardem nos teus olhos"


 
Autor
evelina
Autor
 
Texto
Data
Leituras
84
Favoritos
2
Licença
Esta obra está protegida pela licença Creative Commons
24 pontos
4
2
2
Os comentários são de propriedade de seus respectivos autores. Não somos responsáveis pelo seu conteúdo.

Enviado por Tópico
Mr.Sergius
Publicado: 31/07/2020 21:33  Atualizado: 31/07/2020 21:33
Muito Participativo
Usuário desde: 14/08/2018
Localidade:
Mensagens: 81
 Re: Por uma vírgula
Nossa que intenso, lindo. Mal consigo explicar o quanto que isso me toca... parabéns. Favoritei...


Enviado por Tópico
Marineuza
Publicado: 01/08/2020 17:43  Atualizado: 01/08/2020 17:43
Super Participativo
Usuário desde: 08/04/2020
Localidade:
Mensagens: 141
 Re: Por uma vírgula
Excelente poema.
Adorei.

Beijo