https://www.poetris.com/
Sonetos : 

Domingo branco

 
O domingo é um dia todo branco,
posto que o branco sendo todas cores
já não é cor alguma: é abstração
e silêncio; a cor branca é a não cor.

E a anticor preenche a atmosfera
para liquefazê-la à densidade
do Mar Morto; boiamos neste dia
que é um não dia - um dia de domingo.

Branco é o dia sem motivo e imóbil
e brancas são as coisas sem conceito.
O branco não possui pretexto e nem

desígnio, mas ainda assim são brancas
as rochas que esteam os templos gregos;
um branco que é puro, abstrato e absoluto.

 
Autor
WesMic
Autor
 
Texto
Data
Leituras
89
Favoritos
1
Licença
Esta obra está protegida pela licença Creative Commons
13 pontos
1
2
1
Os comentários são de propriedade de seus respectivos autores. Não somos responsáveis pelo seu conteúdo.

Enviado por Tópico
Erotides
Publicado: 30/11/2020 21:07  Atualizado: 30/11/2020 21:07
Da casa!
Usuário desde: 26/02/2020
Localidade: BRASIL
Mensagens: 433
 Re: Domingo branco
Me deixou meio confusa sobre o branco. Quando leio poemas procuro neles me achar me encontrar . Desculpas se isto é racional.