https://www.poetris.com/
Sonetos : 

ENLACE

 
Tags:  poeta    cerrado    noite    Luciano Spagnol    ENLACE  
 
No cerrado titã e rubro, a sensação pura
Dos galhos tortos, irregular na sua rudez
Sente no cessar o abraço de sua ternura
Que envolve a noite no agreste timidez

Como o entardecer alastra sua formosura
Que para o anoitecer, tão caprichoso, fez,
A lua e as estrelas, entregam-se à belezura
No céu, da graça que vem pela primeira vez

Quando surge, por fim, a tenra alvorada
O sertão, bulido pela sombra orvalhada
Recorda, assim, tal uma luxúria nupcial

E o cerrado, saciado, rubro e gentio
Vai, frente ao dia, divertido e ébrio
Celebrando este feito matrimonial!

© Luciano Spagnol - poeta do cerrado
19/01/2021, 05’37” – Triângulo Mineiro

Vídeo no Canal do YouTube:
https://youtu.be/2qm_d2Ogopk


Sou alma do cerrado, pé no chão, do triângulo, do chapadão. Pão de queijo com café, fogão de lenha, das vilas ricas, arraiais, filho de Araguari, das Gerais...

- quarto filho de José Lino Spagnol e Joana D'Arc Brasileiro Spagnol.

 
Autor
LucianoSpagnol
 
Texto
Data
Leituras
51
Favoritos
0
Licença
Esta obra está protegida pela licença Creative Commons
5 pontos
1
2
0
Os comentários são de propriedade de seus respectivos autores. Não somos responsáveis pelo seu conteúdo.

Enviado por Tópico
IsabelRFonseca
Publicado: 19/01/2021 19:52  Atualizado: 19/01/2021 19:52
Colaborador
Usuário desde: 25/05/2013
Localidade:
Mensagens: 4348
 Re: ENLACE


É o amor na sua pureza em ternura.

um abraço poeta Luciano Spagnol