https://www.poetris.com/
Textos -> Outros : 

Poesia

 
Com inspiração no site da luso

Desculpem, mas foi impossível não escrever
Aqui, não sei se existe só um louco
Um louco pode criar outros loucos
O que me assusta é ...
É o mesmo louco ou múltiplas personalidades
Queria conhecer o senhor Alberto
Mas não vou ser injusta
Parece existir outros mistérios
Vamos dizer que estou dentro de um livro
Um livro aberto para outros personagens
Da noite para o dia alguém se transforma
Existe muitos talentos
Na vida real não conheço alguém com tanta idade interagindo
Pode alguém falar de Deus com tanta beleza
Ouço a canção dos anjos
Pode num só lugar
Existir falar de Deus
E escrever de forma tão humano
Minha cabeça chega a dar nó
Eu conversar com um pesquisador
Sim ,realmente existe um mistério
E várias pessoas talentosas


Você deve estranhar eu falar tanto de Deus, mas foi em uma oração que eu pedi a Deus às palavras que escrevo , talvez um dia eu pare de escrever , mais Deus não depende de minhas letras para existir.

 
Autor
Erotides
Autor
 
Texto
Data
Leituras
105
Favoritos
0
Licença
Esta obra está protegida pela licença Creative Commons
5 pontos
5
0
0
Os comentários são de propriedade de seus respectivos autores. Não somos responsáveis pelo seu conteúdo.

Enviado por Tópico
visitante
Publicado: 27/01/2021 02:11  Atualizado: 27/01/2021 02:12
 Re: Poesia
sem dúvida minha amiga, um louco cria loucos todos os dias. mas isso não é poesia. infelizmente é o que fazeis todos os dias. a poesia não cria loucos. os loucos é que veem loucura em todo o lado. são loucos
depois disso há outras coisas. por exemplo...
apanhar marisco na costa verde, em espinho ou até, naquele atlântico de miramar. é muito fixe



Enviado por Tópico
Frágilvocábulo
Publicado: 27/01/2021 03:20  Atualizado: 27/01/2021 03:20
Muito Participativo
Usuário desde: 04/08/2019
Localidade:
Mensagens: 67
 Re: Poesia
Seu texto é muito interessante…!

Diríamos que aqui …só existe palavras, mascarando almas …almas mais novas outras mais experientes …mas todas gritando …melodicamente falando .

Um abraço