https://www.poetris.com/
 
Poemas : 

Sem nada ...

 
Tags:  Namastibet    Jorge Santos  
 
Sem nada ...
 









Sem nada …









O amor não tem campainha
Quando passa, é um comboio
Sem maquinista nem freio,
Despedaça-nos, destroça-nos,

Ferra-nos a meio sem avisar,
É fatal o golpe e profundo,
Mais terrível que da morte
A dor, não é religião nem

Crença, contraditório à sorte
Amar é o ter, como companhia
Da orelha esquerda a cara
Do meio, metade olhando-se

Metade se consente, a minha face
Girando sobre ela própria,
Estender um braço, ligar-me
Aos gestos d’ontem (o soar da sineta)

Atirar o tédio pra debaixo
Da mesa, dar duas palmadas
Na vida, sentir prazer íntimo
Ao ouvir disparates e a ironia

Que é ter fome, estando farto,
Ter entusiasmo desmedido,
Tendo de facto emoção por
Companhia e uma campainha

No ouvido, um comboio no
Coração, a esperança na parte
Do rosto que era só minha,
Sol posto solidão a meias,

A sineta da estação, o comboio
A dar a partida, não sei se uma,
Duas vezes ou os dois de abalada,
Um de cada vez, s/companhia,

Sem nada …




















Jorge Santos (24 Fevereiro 2021)

















https://namastibet.wordpress.com
http://namastibetpoems.blogspot.com







Jorge S/Joel M/Namastibet/Transhumante

 
Autor
(Namastibet)
 
Texto
Data
Leituras
215
Favoritos
1
Licença
Esta obra está protegida pela licença Creative Commons
29 pontos
15
3
1
Os comentários são de propriedade de seus respectivos autores. Não somos responsáveis pelo seu conteúdo.

Enviado por Tópico
(Namastibet)
Publicado: 24/02/2021 00:24  Atualizado: 24/02/2021 00:24
Subscritor
Usuário desde: 03/12/2020
Localidade: Azeitão/Setúbal
Mensagens: 399
 Re: Sem nada ...
Open in new window


Enviado por Tópico
(Namastibet)
Publicado: 24/02/2021 00:30  Atualizado: 24/02/2021 00:31
Subscritor
Usuário desde: 03/12/2020
Localidade: Azeitão/Setúbal
Mensagens: 399
 Re: Sem nada ...
Open in new window

Enviado por Tópico
(Namastibet)
Publicado: 24/02/2021 00:33  Atualizado: 24/02/2021 00:38
Subscritor
Usuário desde: 03/12/2020
Localidade: Azeitão/Setúbal
Mensagens: 399
 Sem nada …
Open in new window

Enviado por Tópico
karinna*
Publicado: 24/02/2021 03:54  Atualizado: 24/02/2021 03:54
Da casa!
Usuário desde: 26/11/2017
Localidade:
Mensagens: 275
 Re: Sem nada ...
*olá meu amigo!
Aprecio quando escreves sobre o Amor.
Tua escrita é intensa e desnuda.
Nada é mais visceral' que esse sentimento completo.
Grata pela amizade, apoio. És um amigo pra guardar.
Abraços
K*



Enviado por Tópico
Jmattos
Publicado: 24/02/2021 09:04  Atualizado: 24/02/2021 09:04
Colaborador
Usuário desde: 03/09/2012
Localidade:
Mensagens: 16950
 Re: Sem nada ...
Poeta
Belo e sentido! Parabéns!
Obrigada pela partilha!
Beijos!
Janna


Enviado por Tópico
ALFA
Publicado: 24/02/2021 17:34  Atualizado: 24/02/2021 17:34
Colaborador
Usuário desde: 14/04/2015
Localidade:
Mensagens: 977
 Re: Sem nada ...
Nada, é igual a nada
Amor na tela pintada
Na berma da estrada
Não espera chegada.

Gostei


Enviado por Tópico
RayNascimento
Publicado: 27/02/2021 06:07  Atualizado: 28/02/2021 22:30
Membro de honra
Usuário desde: 13/03/2012
Localidade: Monte Roraima - Brasil
Mensagens: 6459
 Re: Sem nada ...
"Sem nada..." se vem a esse mundo e assim se volta ao pó de estrela...
Fazendo da vida a poesia se vê na melhor companhia... seguindo estando a meio a pandemia que faz da vida um pandemônio. Se vive a vida toda ligado na tomada uma hora a vida se faz de rogada e nos joga contra o rochedo... Sem medo chega -se a enseada.
Ray Nascimento



Enviado por Tópico
karinna*
Publicado: 28/02/2021 20:17  Atualizado: 28/02/2021 20:17
Da casa!
Usuário desde: 26/11/2017
Localidade:
Mensagens: 275
 Re: Sem nada ...
*tu sabes, que tem muitos anos, que te leio. E desde a primeira vez, impactante foi para mim. E continuo fã da tua escrita.
Amor é talvez o mais solitário sentimento e nos deixa vazio ou plenos, em segundos.
Um grande abraço

K*