https://www.poetris.com/
Poemas : 

Clamo

 
Tags:  canto  
 
Canto a paz do meu ser!
Este é o meu sempre agir.
Canto o que sei muito fazer!
Este é o meu alvo a atingir!

Pois hoje tenho calma...
nesta minha pura alma.
Canto ao meu Senhor.
Sem nenhuma dor!

Este sentimento lindo...
que está no meu coração!
De um modo infindo.

Digo-lhe que o amo,
a ele faço-lhe esta oração.
Por ele eu clamo!...


Já fui Pastor das Assembleia de Deus em Portugal. Mas depois de ter ficado doente com a doença de Parkinson tive que deixar o ministério...Hoje estou na Unidade de Longa Duração e Manutenção de Albufeira...

 
Autor
HELDER-DUARTE
 
Texto
Data
Leituras
103
Favoritos
0
Licença
Esta obra está protegida pela licença Creative Commons
8 pontos
6
1
0
Os comentários são de propriedade de seus respectivos autores. Não somos responsáveis pelo seu conteúdo.

Enviado por Tópico
Upanhaca
Publicado: 16/03/2021 19:09  Atualizado: 16/03/2021 19:09
Colaborador
Usuário desde: 21/01/2015
Localidade: Sol Poente
Mensagens: 6981
 Re: Clamo
A docilidade da alma
é um dote Divino,
E orar a Deus
é uma salvação.

Belo soneto, adorei.

Abraço!
Upanhaca


Enviado por Tópico
visitante
Publicado: 20/03/2021 10:56  Atualizado: 20/03/2021 10:56
 Re: Clamo
há muitos anos a civilização maia por exemplo sacrificava vidas humanas para agradecer aos deuses e nem por isso os deuses salvaram as suas cidades do fim. hoje as coisas mudaram um pouquito, são um nadica mais humanas mas ainda assim continua-se a rezar de olhos fechados aos deuses que nada podem fazer pela humanidade, dividindo um mundo que apenas pode ser salvo, pela cabeça e por um coração bem educado, pela poesia, pelo amor, e pela ciência claro está. percebo que temos de alimentar o espirito e que a oração é um caminho. só não percebo é de obsessões e sociedades decapitadas.