https://www.poetris.com/
 
Poemas -> Dedicatória : 

O Suplício de Ares

 
Open in new window



No tormentoso vaso de bronze o grande
Deus da guerra debate-se furiosamente,
Durante treze luas o deus da guerra vive
Em vaso de bronze colocado pelos infames
Oto e Elfiates, seu furor assemelha-se
Ao medo incontido de estar preso.



Grandes gigantes, vós sois aquelas facetas do
Universo que estão sempre a se destruir e aqueles
Que estão em volta, vós não apenas cumpris os ardis
De todos os males, mas o mal em si encarna em vossas
ações.



Mas aquele de ligeiros pés, Hermes, o veloz e ágil
Deus recomhece a dor do deus belicoso, e com
Suas mãos a retirada do deus em suplício finaliza-se
Num urro marcial que os deuses desprezam,
A vingança será sorvida por aqueles que ousaram
Levar o grande Ares ao suplício de vergonha e dor!

 
Autor
Lud
Autor
 
Texto
Data
Leituras
605
Favoritos
0
Licença
Esta obra está protegida pela licença Creative Commons
0 pontos
0
0
0
Os comentários são de propriedade de seus respectivos autores. Não somos responsáveis pelo seu conteúdo.