https://www.poetris.com/
 
Poemas : 

Contínuo …

 
Tags:  Namastibet    Jorge Santos  
 
Contínuo …
 
photo-Im@gin












Continuo …




Ter todas as opiniões do mundo,
É no entanto continuar na busca,
A moção não reclamada d'ontem,
Empenho, uma profissão velhaca,

Desgaste a metáfora decisiva,
Continuada, de épocas distintas
Os sonhos que sonhamos deter,
A posse de dever vem fardada,

Não conta continuar sem dar nem ter
Sido eu a água dos outros, dada contígua
À consciência da boca, broca alma
Da estopa, o "Cocktail Molotov",

Mosquete em guerras passadas,
O curro não gera aptidões, correr
É ir atrás das melhores cartas
Já lentos moinhos geram atados ares,

Marés ingratas, opinião sem usufruto,
Futuro é dever de obstetra, a luz
Vem de dentro pra fora, que não pareça certa,
De outro mundo, o convés, a bonança,

As aguas mansas, as velas pandas,
A dicotomia da célula, o fluxo da rajada
É a continuidade, o arrais da fé plena, humana,
O velo, a mudança, o credo sem cardápio,

O insano-contínuo do tempo.












Jorge Santos (20 Abril 2021)










https://namastibet.wordpress.com
http://namastibetpoems.blogspot.com












Jorge S/Joel M/Namastibet/Transhumante

 
Autor
(Namastibet)
 
Texto
Data
Leituras
342
Favoritos
1
Licença
Esta obra está protegida pela licença Creative Commons
14 pontos
4
1
1
Os comentários são de propriedade de seus respectivos autores. Não somos responsáveis pelo seu conteúdo.

Enviado por Tópico
(Namastibet)
Publicado: 20/04/2021 23:48  Atualizado: 20/04/2021 23:48
Subscritor
Usuário desde: 03/12/2020
Localidade: Azeitão/Setúbal
Mensagens: 485
Online!
 Re: Contínuo …
Open in new window


Enviado por Tópico
Eureka
Publicado: 24/04/2021 12:07  Atualizado: 24/04/2021 12:07
Colaborador
Usuário desde: 02/10/2011
Localidade: Lisboa
Mensagens: 4293
 Re: Contínuo … P/ Namastibet
Olá Namastibet,

Voltando após muito tempo...

Quanta saudade de poder ler versos teus, assim fortes, cheios de força e entusiasmo e, num elaborar pleno de vocabulário bem escolhido ( uma caracteristica tua).

Maravilhei-me nesta primeira leitura aos teus poemas, depois de muito tempo em que estive ausente.
Parabéns.

Um grande abraço de saudade

Eureka/maria