https://www.poetris.com/
Poemas : 

Reis, princesas e infantes

 
Tags:  Namastibet    Jorge Santos  
 
Reis, princesas e infantes
 




Reis, princesas e infantes



Foge de mim um sonho
Que é ter mando e ser rei
Dos anfíbios e das charcas,
Mas a chuva só cai longe,

Os barcos não me levam
Onde há sapais e charcos,
O meu grande desejo é
Escutar de noite e sempre

Infantas que foram, agora
Sapas e eu rei das poças
Nem, quanto mais ouvi-los
Coaxar às noivas infantas,

Pedindo beijos nas bochechas
Gordas e verdes, ranhosas
Como sapos as têm, tolos
Anfíbios das poças de lodo

E eu nem rei nem bote,
Onde nem sapais há ou charcas,
Foge de mim o sonho,
Que é ter mando ou sorte

De Reis, princesas, infantes …












Jorge Santos (04/2017)
















https://namastibet.wordpress.com/
http://namastibetpoems.blogspot.com
































































































































































































































































































































































































































































































































































































































































Jorge Santos/Joel Matos

 
Autor
(Namastibet)
 
Texto
Data
Leituras
140
Favoritos
1
Licença
Esta obra está protegida pela licença Creative Commons
16 pontos
6
1
1
Os comentários são de propriedade de seus respectivos autores. Não somos responsáveis pelo seu conteúdo.

Enviado por Tópico
(Namastibet)
Publicado: 11/11/2021 11:02  Atualizado: 11/11/2021 11:02
Subscritor
Usuário desde: 18/08/2021
Localidade: Azeitão, Setúbal, Portugal
Mensagens: 1240
 Re: Reis, princesas e infantes
































































































































































Reis, princesas e infantes



Foge de mim um sonho
Que é ter mando e ser rei
Dos anfíbios e das charcas,
Mas a chuva só cai longe

Os barcos não me levam
Onde há sapais e charcos,
O meu grande desejo é
Escutar de noite e sempre

Infantas que foram agora
Sapas e eu rei das poças
Nem, quanto mais ouvi-los
Coaxar às noivas-infantas

Pedindo beijos nas bochechas
Gordas e verdes, ranhosas
Como sapos as têm, tolos
Anfíbios das poças de lodo

E eu nem rei nem bote
Onde nem sapais há ou charcas,
Foge de mim o sonho,
Que é ter mando ou sorte

De Reis, princesas, infantes …












Jorge Santos (04/2017)
















https://namastibet.wordpress.com/
http://namastibetpoems.blogspot.com









































































































































































































































































































































































































Enviado por Tópico
RoqueSilveira
Publicado: 14/11/2021 11:10  Atualizado: 14/11/2021 11:10
Colaborador
Usuário desde: 31/03/2008
Localidade: Braga
Mensagens: 8334
 Re: Reis, princesas e infantes
Se fosse um concurso sobre os 7 pecados, este ganhava o da vaidade (que não tens).
Muito bom.
"fica difícil comentar "

Enviado por Tópico
benjamin
Publicado: 02/12/2021 17:33  Atualizado: 02/12/2021 17:33
Muito Participativo
Usuário desde: 02/10/2021
Localidade:
Mensagens: 66
 Re: Reis, princesas e infantes