https://www.poetris.com/
Poemas : 

Manhãs [ des ] iguais

 
Os passos apressados dos passantes
os despachos urgentes
ou assuntos pendentes
dos tão-importantes.

E aí
dei por mim
sozinha

a varanda era a minha

as mãos apoiadas no corrimão
da manhã aceitando
a respiração.

E
naquele momento
de sol e de vento
senti

no meu espanto

que o tão pouco era tanto
para a minha canção.

 
Autor
idália
Autor
 
Texto
Data
Leituras
173
Favoritos
1
Licença
Esta obra está protegida pela licença Creative Commons
10 pontos
0
1
1
Os comentários são de propriedade de seus respectivos autores. Não somos responsáveis pelo seu conteúdo.