https://www.poetris.com/
Poemas : 

Fugas

 

Doem-me
as tuas ausências,
o medo velado
que me é revelado
no cansaço da tua voz.

Dói-me
a tristeza do teu olhar,
detido nos sinais
tantas vezes trocados,
nas insubornáveis
encruzilhadas da vida.

Dói-me
a porta fechada,
quando queres partir
e só podes ficar.

Dói-me
a dor que se esconde,
quando foges de ti
e não sabes para onde.

 
Autor
idália
Autor
 
Texto
Data
Leituras
121
Favoritos
0
Licença
Esta obra está protegida pela licença Creative Commons
2 pontos
0
1
0
Os comentários são de propriedade de seus respectivos autores. Não somos responsáveis pelo seu conteúdo.