https://www.poetris.com/
Poemas : 

A democracia não morre - Insiste

 
Pintam-se os cravos da liberdade
Canta-se vitória e esperança
Num arrepio à emoção
No apelo à liberdade,
saúde, bonança
e educação
À igualdade.
Ao sonho já sem idade
De sermos uma Nação
É Abril como então.


Marina Neuza Barbosa

 
Autor
Marineuza
Autor
 
Texto
Data
Leituras
145
Favoritos
0
Licença
Esta obra está protegida pela licença Creative Commons
0 pontos
0
0
0
Os comentários são de propriedade de seus respectivos autores. Não somos responsáveis pelo seu conteúdo.