https://www.poetris.com/
Poemas : 

Miosótis

 
Suspenderia o tempo
nas flores de miosótis em que tecias o azul das tardes
e a limpidez dos teus olhos vertia na minha pele
a luz onde a estrada começava
e crescia
a (en)formar o gesto
e a palavra.

Escutavas os meus cansaços
entre o perto e a lonjura
das minhas assimetrias
e nas tuas mãos de abrigo eu sentia
o tronco da sabedoria
quando às minhas verdades inteiras
tu sorrias
tu sorrias.

Por vezes sabe-me a lodo
a estrada
derrama-se pelo chão a linha do horizonte
consomem-se os dias
por entre a nostalgia da terra molhada.

Ajusto o tempo à memória
e na textura da tua voz
regresso à doçura da casa
no silêncio de um tempo de raízes e regaços
que flutua na poeira dos meus passos
entre as rugas do crepúsculo
e os escombros das esperas.

 
Autor
idália
Autor
 
Texto
Data
Leituras
176
Favoritos
1
Licença
Esta obra está protegida pela licença Creative Commons
18 pontos
2
4
1
Os comentários são de propriedade de seus respectivos autores. Não somos responsáveis pelo seu conteúdo.

Enviado por Tópico
martisns
Publicado: 25/05/2022 13:40  Atualizado: 25/05/2022 13:40
Colaborador
Usuário desde: 13/07/2010
Localidade:
Mensagens: 29767
 Re: Miosótis
Uma essência traduzida em lindas e belas palavras aflorada dos mais belos sentidos regado pela magia de uma linda e bela poesia escrita com a mais bela maestria. Tudo maravilha;;;; martisns