https://www.poetris.com/
Poemas -> Sombrios : 

A Morte do Poeta Russo

 
A Morte do Poeta Russo



Open in new window




A Morte do Poeta Russo


Era uma morte que todos poderiam mencionar
Como a forma mais suave e bela de se entregar
Aos braços de Tânatos, era aquela sensação etérea
De ter diante de si todo o Universo, era um clamor
Belo e digno para toda a eternidade.




Mas também era aquela morte crua, livre de qualquer
Estranha sensação, era uma morte que nunca havia
Sido prevista pelo poeta russo, era aquela morte

Intransigente e dedicada a sempre ter a Morte
Como soberana e rainha absoluta do Universo.





Quando tua alma se elevar às estrelas, poeta russo,
Tua vida será uma incrível jornada de descobertas,
Uma incrível força cósmica inigualável.



Tu viajarás pelo Universo com teu espírito poético
A clamar para novos mundos que eles sejam sempre
Ideais, eternos, benditos e maravilhosamente puros.

 
Autor
Lud
Autor
 
Texto
Data
Leituras
78
Favoritos
0
Licença
Esta obra está protegida pela licença Creative Commons
0 pontos
0
0
0
Os comentários são de propriedade de seus respectivos autores. Não somos responsáveis pelo seu conteúdo.