https://www.poetris.com/
Poemas : 

Acabou o Setembro

 
Foi um ápice enquanto aos dias se fizeram cruzes.
Fficando para trás.
As semanas sucederam-se e eis que o Outono se afirmou.
Com as noites frias e húmidas.
Os dias a esconderem-se mais cedo.
E esta nostalgia habitual, do verão,
de que padeço quando chega Outubro.
Há neste mês uma tragédia familiar.
Uma perda maior e uma impossibilidade de esquecer.
Porque se tatuou não só em mim mas nas minhas pessoas.
Para sempre.
Os meses não são todos leves.
Iguais. E fatalistas.
Tão pouco os anos.
A mochila pesada que transporto nesta viagem pela vida é prova disso.
Porém, mesmo não sendo optimista, tenho fé.
No novo mês.
Nesta estação.
Que se impõe pelo jeito e não pela força.
Outubro entrou.
E que venha por bem!


Marina Neuza Barbosa

 
Autor
Marineuza
Autor
 
Texto
Data
Leituras
153
Favoritos
1
Licença
Esta obra está protegida pela licença Creative Commons
13 pontos
1
2
1
Os comentários são de propriedade de seus respectivos autores. Não somos responsáveis pelo seu conteúdo.

Enviado por Tópico
ALFA
Publicado: 03/10/2022 10:42  Atualizado: 03/10/2022 10:42
Colaborador
Usuário desde: 14/04/2015
Localidade:
Mensagens: 1371
 Re: Acabou o Setembro
A vida está repleta de partidas
Mas também muitas chegadas
Dando alegrias a nossas vidas
Quando de chamas, apagadas!