https://www.poetris.com/
 
Poemas -> Intervenção : 

*APANHA DAS CASTANHAS✿

 
*APANHA DAS CASTANHAS✿
 
Num dia de muito frio
Entre a geada e o nevoeiro
Vê-se as belas castanhas
Num lindo castanheiro
Entre um copo de vinho
Que vai aquecendo a alma
Um pedaço de pão
Com presunto ou chouriço
Vai matando a fome
Enquanto os dedos se picam
Nas castanhas apanhadas
E nos ouriços que se abrem
Fogueira que aquece o coração
E os pés gelados de frio
Como é humilde
E simples a felicidade
Nas castanhas apanhadas
Entre um copo de vinho
Que aquece a alma
Nos dedos que se vão picando
Ao som da própria natureza
Que tanto maltratamos
E que nos dá tudo
Tudo para o nosso proveito. 🌰
Open in new window



Você pode copiar, distribuir, exibir, executar
desde que seja dado crédito ao autor original.


*
Isabel Morais Ribeiro Fonseca
 
Autor
IsabelRFonseca
 
Texto
Data
Leituras
1334
Favoritos
7
Licença
Esta obra está protegida pela licença Creative Commons
84 pontos
8
10
7
Os comentários são de propriedade de seus respectivos autores. Não somos responsáveis pelo seu conteúdo.

Enviado por Tópico
marylouise
Publicado: 05/11/2022 19:16  Atualizado: 05/11/2022 19:16
Da casa!
Usuário desde: 26/05/2020
Localidade:
Mensagens: 227
 Re: *APANHA DAS CASTANHAS✿
Maria lindo poema fez-me recordar.

Enviado por Tópico
AntónioFonseca
Publicado: 05/11/2022 20:46  Atualizado: 05/11/2022 20:46
Colaborador
Usuário desde: 31/05/2013
Localidade:
Mensagens: 1935
 Re: *APANHA DAS CASTANHAS✿
Excelente sentimento e paixão poética, numa homenagem à nossa mãe natureza, ao qual deveríamos respeitar-lhe muito mais, pelo que ela nos oferece de corpo e alma.
🌰🍂

Enviado por Tópico
SoledadViñas
Publicado: 06/11/2022 10:07  Atualizado: 06/11/2022 10:07
Da casa!
Usuário desde: 14/12/2020
Localidade:
Mensagens: 212
 Re: *APANHA DAS CASTANHAS✿
„Miraba los árboles a su alrededor. Sus hojas eran verdes, rojas, amarillas y castañas. Los bosques parecían un incendio. Se dijo que se marchaba unos días y que los bosques ardían, y su vida y sus recuerdos se consumían en aquellas llamas maravillosas y despiadadas. ¿Debía sufrir por no sufrir?. ¿Debía quizás sentir nostalgia por no sentir nostalgía? No sentía nostalgia, pero tampoco tenía ganas de apresurarse.“

— Milan Kundera

Enviado por Tópico
SoledadViñas
Publicado: 06/11/2022 10:20  Atualizado: 06/11/2022 10:20
Da casa!
Usuário desde: 14/12/2020
Localidade:
Mensagens: 212
 Re: *APANHA DAS CASTANHAS✿
Besitos

“La castañera asa los corazones de invierno.”

RAMÓN GÓMEZ DE LA SERNA

Enviado por Tópico
CarolinaFonseca
Publicado: 06/11/2022 17:08  Atualizado: 06/11/2022 17:08
Colaborador
Usuário desde: 15/08/2018
Localidade:
Mensagens: 503
 Re: *APANHA DAS CASTANHAS✿
...
Beijinhos mãezinha

Enviado por Tópico
martisns
Publicado: 07/11/2022 11:57  Atualizado: 07/11/2022 11:57
Colaborador
Usuário desde: 13/07/2010
Localidade:
Mensagens: 30003
 Re: *APANHA DAS CASTANHAS✿
Uma arte poética escrita com a mais pura maestria, de canto e encantos onde tudo se traduz puramente e poeticamente

Enviado por Tópico
IsabelRFonseca
Publicado: 13/11/2022 20:55  Atualizado: 13/11/2022 20:55
Colaborador
Usuário desde: 25/05/2013
Localidade:
Mensagens: 6135
 Re: *APANHA DAS CASTANHAS✿


Entre um copo de vinho
Que aquece a alma
Nos dedos que se vão picando
Ao som da própria natureza
Que tanto maltratamos
E que nos dá tudo
Tudo para o nosso proveito. 🌰
*
Isabel Morais Ribeiro Fonseca

Open in new window

Enviado por Tópico
IsabelRFonseca
Publicado: 13/11/2022 20:58  Atualizado: 13/11/2022 20:58
Colaborador
Usuário desde: 25/05/2013
Localidade:
Mensagens: 6135
 Re: *APANHA DAS CASTANHAS✿
🍄🍂🌳🍁

Só a beleza do Outono
Seduz-nos com o olhar
Neste caminho
Que vamos fazendo em vida.

Isabel Morais Ribeiro Fonseca

Castanheiros com mais de 300 anos 🌳 🌰

Open in new window