https://www.poetris.com/
 
Poemas : 

"Falar é ter demasiada consideração pelos outros"

 
Tags:  Namastibet    Joel Matos    O Transhumante  
 
"Falar é ter demasiada consideração pelos outros"
 




"Falar é ter demasiada consideração pelos outros"





Fácil é fingir que ouvimos e q'nos ouvem
Falar, é ter outros em excessiva conta,
Quando não querem perceber q'calando,

Falam pra não passar despercebidos,
Como pensam ter sido compreendidos
Nada dizendo que conte concreto, como

Vou fingindo que digo centímetro, dizendo
Metro, falando uma língua que ninguém
Fala, por gestos poucos, vêm falar d'mortos

Comuns inda q'sejam pra mim símbolos, códigos
Simples e fórmulas visíveis, demasiado
Oculto s'tou eu dos olhos, à vista d'todos,

Fingindo que ouço ouvindo o que eu disse,
Fedendo de falso e da fala com q'digo,
Esfolo dizendo mato, grave digo aguda

Esta dor assumida e sucinta, a fome viva
Semelhante a gula, sumida sucumbida
A fala, a farsa, má língua grega e a casaca

Erguida eu cabisbaixo, na rua ao lado onde
Vive realmente gente, não desta triste,
Nem sempre vinha, nem sempre mosto

Em metal Augusto, me sabe a sal rosa sulfúreo,
Máscaras sagradas de defuntos farsi Persas,
Muitos pela boca morrem, os peixes senhor …

Os peixes surdos.






Joel Matos (Dezembro 2022)




http://joel-matos.blogspot.com
https://namastibet.wordpress.com
http://namastibetpoems.blogspot.com


(a partir dum texto de Bernardo Soares "Falar é ter demasiada consideração pelos outros" e da peça "A importância de ser Prudente" de Oscar Wild )
"Eu sou daqueles que são feitos para a excepção, não para a lei"

Oscar Wilde
 
Autor
Jorge Santos
 
Texto
Data
Leituras
325
Favoritos
0
Licença
Esta obra está protegida pela licença Creative Commons
3 pontos
3
0
0
Os comentários são de propriedade de seus respectivos autores. Não somos responsáveis pelo seu conteúdo.

Enviado por Tópico
Jorge Santos
Publicado: 07/12/2022 15:15  Atualizado: 04/01/2023 14:32
Subscritor
Usuário desde: 18/08/2021
Localidade: Azeitão, Setúbal, Portugal
Mensagens: 1964
 Re: "Falar é ter demasiada consideração pelos outros"







"O verdadeiro conhecimento está em conhecer a extensão da própria ignorância. "



Confúcio.








Enviado por Tópico
Jorge Santos
Publicado: 16/01/2023 19:26  Atualizado: 17/01/2023 08:37
Subscritor
Usuário desde: 18/08/2021
Localidade: Azeitão, Setúbal, Portugal
Mensagens: 1964
 A leitura pode danificar seriamente a sua ignorância
Open in new window







Ricardo Reis





Me chame Leonor
Que eu lhe chamarei
Verdura,

Me chamo Leonel
Por nenhuma outra
Razão especial,

Senão mesmo
Essa, esse é meu nome,
Creio ser,

Sou apenas eu
E só,
Eternamente seu

Circeu ...
Joan
Joan Sen Terra, Ricardo
Reis.

[/d]





Open in new window






Open in new window


















Descalça vai para a fonte
Descalça vai para a fonte
Lianor pela verdura;
Vai fermosa, e não segura.

Leva na cabeça o pote,
O testo nas mãos de prata,
Cinta de fina escarlata,
Sainho de chamelote;
Traz a vasquinha de cote,
Mais branca que a neve pura.
Vai fermosa e não segura.

Descobre a touca a garganta,
Cabelos de ouro entrançado
Fita de cor de encarnado,
Tão linda que o mundo espanta.
Chove nela graça tanta,
Que dá graça à fermosura.
Vai fermosa e não segura.



L. de Camões



[/d]