https://www.poetris.com/
Poemas : 

Afagar silêncios

 
Nessa altura havia um caminho de luz
éramos felizes, Mãe,
e tu eras a claridade
que trazia a sabedoria das árvores na tua voz cansada
quando a manhã morria
dentro da minha alma parada
que doía
ao cair do dia.

Eu inventava pássaros
quando o mar ardia
tu recontavas-me as estrelas
onde eu prendia a minha fantasia
e o sorriso dentro dos teus olhos
continuava a escrever um poema
com as sílabas que sobejavam da minha vida de nada.

Para lá da vidraça
estão agora suspensos os últimos fios de luz da tarde
e eu aqui a afagar silêncios
que irão voar até ao infinito
sempre
sem parar
e levarão para ti
eternamente
as lágrimas da minha saudade.

 
Autor
idália
Autor
 
Texto
Data
Leituras
96
Favoritos
1
Licença
Esta obra está protegida pela licença Creative Commons
11 pontos
1
1
1
Os comentários são de propriedade de seus respectivos autores. Não somos responsáveis pelo seu conteúdo.

Enviado por Tópico
Abissal
Publicado: 28/01/2023 22:13  Atualizado: 28/01/2023 22:13
Da casa!
Usuário desde: 27/10/2021
Localidade:
Mensagens: 358
 Re: Afagar silêncios
Mais que um poema, uma mensagem de saudade cheia de amor. Abraço