https://www.poetris.com/
 
Poemas : 

Se eu fosse eu

 
Tags:  Namastibet    Joel Matos    O Transhumante  
 
 




Se não fosse eu,

Sentiria a sensação de ser outro,
Dando a possibilidade de eu não ser
Dono d'minha veracidade, em ter
Um modo inconsciente d'mim, eu
Mesmo baço d'trás da minha vista,

Dos meus olhos, interior anexo
Da minha cabeça sobretudo curva
No que pensa acerca do Mundo,
Da realidade real, independente
De outra onde afirma ser eu outro

De corpo ausente, embora ainda
Pressinta não ter paralelo do lado
Real, inda que me esforce por ser
Eu mesmo, aqui ao lado, não doutro
Como divisão externa de ser mesmo

Eu próprio e não outro, por ordem
Diversa de vizinhança, sendo isso
Uma realidade atribuível por mim,
Não o contrário do que é suposto
Ser, eu o contexto e não o cenário,

Eu em papelão molhado, moldado
Feito à imagem e semelhança das
Coisas fáceis de moldar, em cartão
Canelado, sem verdadeira realidade
Calibrada, e real quanto a vida nunca

Poderá dar-me, nem eu me explicar
Perante mim, e muito menos face a
Todos, aos quais não partilho muito,
E muito menos a minha intimidade
Falsa, excepto dum hábil suposto,

Se eu fosse eu.






Joel Matos (15 Janeiro 2023)







https://namastibet.wordpress.com
http://joel-matos.blogspot.com






 
Autor
Jorge Santos
 
Texto
Data
Leituras
362
Favoritos
0
Licença
Esta obra está protegida pela licença Creative Commons
9 pontos
7
1
0
Os comentários são de propriedade de seus respectivos autores. Não somos responsáveis pelo seu conteúdo.

Enviado por Tópico
Jorge Santos
Publicado: 16/01/2023 11:04  Atualizado: 16/01/2023 11:04
Subscritor
Usuário desde: 18/08/2021
Localidade: Azeitão, Setúbal, Portugal
Mensagens: 1964
 Re: Se Eu fosse eu ...
Open in new window

Enviado por Tópico
martisns
Publicado: 24/01/2023 09:29  Atualizado: 25/01/2023 10:25
Colaborador
Usuário desde: 13/07/2010
Localidade:
Mensagens: 29997
 Re: Se eu fosse eu
muito bom




Enviado por Tópico
Valdevinoxis
Publicado: 24/01/2023 13:10  Atualizado: 24/01/2023 13:10
Administrador
Usuário desde: 27/10/2006
Localidade: Aguiar, Viana do Alentejo
Mensagens: 2055
 Re: Isto, assim não vai continuar.
Ou se moderam este tipo de comentários ou ter-se-ão que tomar medidas menos populares.
Estas questiúnculas têm que ser tratadas em privado.
Uma coisa é corrigir (mesmo que à vista de todos) de forma educada, outra é fazer o que se vê aqui. Não é minha intenção enveredar por caminhos de rotura mas isto não é admissível num espaço que se quer de convívio, escrita e leitura. Vamos ser sérios e tratar o Luso com o devido respeito pois todos temos idade suficiente para saber o que isso é.
Estamos numa altura em que tenho intenção de reestruturar a figura da Administração e tornar o Luso em algo que seja bom para todos. Não se confunda isto com o "deixar acontecer".
Foi-me dada carta branca pelo Trabis para tratar deste sítio e é isso que vou fazer.
Posso não estar sempre presente e não vou estar pois tenho uma vida pessoal e profissional mas isto não tem que ser motivo para que haja desvios.
Não vou apagar estes comentários, vou deixar isso ao critério de quem os deixou mas garanto que serão os últimos que acontecerão sem consequências.
Atenção que isto que aqui deixo é válido para todos (para mim, inclusive).
Se vamos criticar, vamos fazê-lo de forma urbana e sustentada. Todos ganham com isso e ninguém tem que ficar ofendido. quem não aceita a critica não é digno de estar entre os demais. A crítica é a forma mais nobre de mostrar que leu, que se deu atenção ao que se leu e que um se preocupa com o outro.

Qualquer resposta a este comentário deve ser feita para mim em privado.

Valdevinoxis