https://www.poetris.com/
Poemas : 

Na foz de um olhar

 
 
Um olhar basta apenas um olhar
E todas as cartas de amor as mais bonitas
Perdem o sentido evaporam pelo ar
Um piscar e lá se vão as linhas escritas

Existe uma linguagem um alfabeto
Que ultrapassa montanhas e oceanos
Vem de um tempo esquecido quase secreto
E sobrevive no olhar seja qual for o plano

E dizem as estrelas do mar que quando
Dois olhares se cruzam em confissões
Os vaga-lumes que estão ali passando
Levam as palavras às estrelas e suas constelações

Juras e carícias nos olhares sinceros e valentes
Guardados por um ou mil anos não interessa
Serão traduzidos no seu tempo em beijos ardentes
Fazem parte agora da luz das estrelas e não mais promessas

Deus abençoe os versos escritos no céu da noite
O amor que pulsa em cada olhar trazidos de volta...
... em cada onda do mar

Carlos Correa

 
Autor
Correa
Autor
 
Texto
Data
Leituras
70
Favoritos
0
Licença
Esta obra está protegida pela licença Creative Commons
0 pontos
0
0
0
Os comentários são de propriedade de seus respectivos autores. Não somos responsáveis pelo seu conteúdo.