https://www.poetris.com/
Poemas : 

Travessuras

 
Eu costumo voltar a lugares
Onde a luz já quase não existe
Tempos já sem cor sem flores
Aqueles que não me deixam tristes

Prefiro o caminho dos marinheiros
Com as canções entoadas em alto mar
Palavras não ditas sentimentos verdadeiros
Assistir a mim mesmo coisas que não se pode mudar

Deixei pegadas pelas trilhas da memória
Terras distantes vales cavernas e montanhas
Um sorriso renasce com uma simples dedicatória
Uma lágrima vira rio num suspiro que me acompanha

Mas não se iluda é uma viagem por tempestades perigosas
Muitas vezes tenta te acorrentar em quartos solitários
Se agarre aos seus sonhos de uma forma carinhosa
E volte porque seu caminho é o futuro e não o contrário

Deus abençoe os encantos de ontem que nos ensinam hoje
Os passos que transformam travessuras em uma canção

Carlos Correa

 
Autor
Correa
Autor
 
Texto
Data
Leituras
75
Favoritos
0
Licença
Esta obra está protegida pela licença Creative Commons
0 pontos
0
0
0
Os comentários são de propriedade de seus respectivos autores. Não somos responsáveis pelo seu conteúdo.