https://www.poetris.com/
 
Poemas -> Intervenção : 

"todas as vezes,"

 
Tags:  I wanted  
 


"Fora de casa sois pinturas; nos quartos, sinos; santas, quando ofendeis; demônios puros, quando sois ofendidas; chocarreiras no governo da casa e boas donas do lar quando na cama".

(Otelo
Ato II - Cena I: Iago





Daquela ordem.que ela retrai e desdiz
Ao termo conclusivo por sonhos febris
Ela, rainha e castelo dos meus dias
Por enquanto, por ensaio e tintas vazias

Minha doce incisão de reinar em carne
Da métrica imperfeita e lenha pra arder
Ao exército dos meus passos rasos de correr
Ela é a minha crença alheia à vontade

E eu tenho.. um esboço daquela que pensei
A minha musa revisitada de paredes iguais
Minha fome de povoar mais um pouco

Minha lenda que desafia o corpo e o todo
E eu tenho.. a fé. De que ela me trará mais
A paz que eu encontro nos seus olho que tentei





a retirar

 
Autor
Azke
Autor
 
Texto
Data
Leituras
239
Favoritos
1
Licença
Esta obra está protegida pela licença Creative Commons
18 pontos
6
2
1
Os comentários são de propriedade de seus respectivos autores. Não somos responsáveis pelo seu conteúdo.

Enviado por Tópico
ZeSilveiraDoBrasil
Publicado: 29/11/2023 02:28  Atualizado: 29/11/2023 19:48
Administrador
Usuário desde: 22/11/2018
Localidade: RIO - Brasil
Mensagens: 1727
 Re: "todas as vezes,"
.
.
.
...não é impressão; és contumaz fazer da pena, lápis, caneta, sei lá, de pincéis com os quais pintas as palavras, retratas sentires, olhares, vivências. A poesia num intenso voo! Seu fã!
Aquele abraço caRIOca!


Enviado por Tópico
GabrielaMaria
Publicado: 29/11/2023 10:53  Atualizado: 29/11/2023 10:53
Membro de honra
Usuário desde: 04/09/2022
Localidade:
Mensagens: 909
 Re: "todas as vezes,"
.

Ao ler o seu poema fico imaginando uma mulher em certos momentos você lhe adora já em outros parece te machucar, gostei de ler.
Abraços.


Enviado por Tópico
Egéria
Publicado: 29/11/2023 14:59  Atualizado: 29/11/2023 14:59
Usuário desde: 28/09/2009
Localidade:
Mensagens: 845
 Re: "todas as vezes,"
Olá,
muito bom o poema,
adorei.
Abraço.