Poemas -> Reflexão : 

Uma espécie de Guernica

 
Tags:  poesia    ser    introspeção  
 
Uma espécie de Guernica
 
Vocês não estão à procura de escravos?,

Então venham aqui ver,...



Destapou um véu grande, antigo e rasgado,

Que cobria uma parede de grandes dimensões,

E estava um quadro considerável,...



Dir-se-ia a pedir meças à dimensão de guernica,

Mas de época desconhecida,...



Mostrava uma lisboa perdida no tempo,

Num dia tempestuoso,

Com um galeão encostado aos cais das colunas pombalino,...



E seres vergados,

Agrilhoados,

Tristes para além do que as palavras podem descrever,

A andar cabisbaixos,

Sob o olhar de dois ou três verdugos,..



Saíram daquele local adaptados à nova visão de vida,

Que lhes havia sido emprestada,...



O problema agora era saber o que fazer com isso


Ruacuzuaco

 
Autor
ruacuzuaco
 
Texto
Data
Leituras
141
Favoritos
0
Licença
Esta obra está protegida pela licença Creative Commons
6 pontos
2
2
0
Os comentários são de propriedade de seus respectivos autores. Não somos responsáveis pelo seu conteúdo.

Enviado por Tópico
Vania Lopez
Publicado: 12/06/2024 23:39  Atualizado: 12/06/2024 23:39
Membro de honra
Usuário desde: 25/01/2009
Localidade: Pouso Alegre - MG
Mensagens: 18440
 Re: Uma espécie de Guernica
Devemos tanto. E somos incapazes de pagar tantas feridas a céu aberto. Até hoje, o ser humano está com o chicote nas mãos. Eu tenho uma foto do jornal O Globo, que o algoz, pede para ajudarem a encontrar uma negrinha fujona. Guardo isso, para lembrar. Pois se os negros derem bobeira, serão escravizados como antes ( não como hoje). Matearíamos Jesus. Acaso ele tivesse dito: -humanos odeiem seu próximo. Teriam todos desobedecido. Bjs