Poemas -> Sombrios : 

Madrugada em algum lado

 
Tags:  poema    vida    fantasia  
 
É aquela hora em que os olhos dizem luz,
O corpo reflete-se na sucessão de murros que o bêbedo da vila encaixa,...

Não há amores como o primeiro,
Nem há amores de todo já que os olhos quietos ainda não saíram dos quartos,...

Nas ruas a novidade é o silêncio,
O contrário de vida que o vento vai dizendo em recitações de dois ou três corpos,
Inertes e credores de atenção,
Que vão arrefecendo até ao limite da morte,..

E ao lado do suor,
Do anseio quase descontrolado de quem observa,
Um cão velho mas ainda fiel,
Aninha-se por mais qualquer coisa de afeto que ainda sobre


Ruacuzuaco

 
Autor
ruacuzuaco
 
Texto
Data
Leituras
171
Favoritos
3
Licença
Esta obra está protegida pela licença Creative Commons
36 pontos
6
3
3
Os comentários são de propriedade de seus respectivos autores. Não somos responsáveis pelo seu conteúdo.

Enviado por Tópico
Rogério Beça
Publicado: 15/06/2024 09:03  Atualizado: 15/06/2024 09:06
Usuário desde: 06/11/2007
Localidade:
Mensagens: 2088
 Re: Madrugada em algum lado
"Quando gosto de ti
são sete e meia
em algum local..."

Passarim (do mesmo autor)

O título fez-me uma ligação directa aos primeiros versos do poema supracitado.
Gosto da consciência de que a cada longitude há uma oposta.
Atinge-me também alguma universalidade que tornam os poemas acessíveis a todas as leituras, na minha opinião e na de outros.

Mais um poema cheio de imagens, rico em figuras de estilo.
A redescobrir, porque, a reler. É fácil.

Um caso cada vez mais sério...

Abraço e obrigado, por mais uma fascinante leitura...


Enviado por Tópico
Alemtagus
Publicado: 15/06/2024 13:28  Atualizado: 15/06/2024 13:28
Membro de honra
Usuário desde: 24/12/2006
Localidade: Montemor-o-Novo
Mensagens: 3182
 Re: Madrugada em algum lado p/ ruacuzuaco
Uma curta-metragem poética. Fixei-me nas imagens que cada estrofe me deixava ver e só assim consegui ver todas numa só, uma fotografia panorâmica de um momento quotidiano numa pequena aldeia de província quase abandonada, quatro pontos cardeais. Perspectiva interessante que dava uma história longa. O cão ainda por lá está.


Enviado por Tópico
Vania Lopez
Publicado: 17/06/2024 00:51  Atualizado: 17/06/2024 00:51
Membro de honra
Usuário desde: 25/01/2009
Localidade: Pouso Alegre - MG
Mensagens: 18440
 Re: Madrugada em algum lado
Poderia dizer que seus versos são uma vertigem dentro da gente. Fico tentando subir as escadas, mas o tempo é escorregadio… bjs