https://www.poetris.com/
 
Sonetos : 

SER S(C)EM SER

 
Posso ter espírito de poeta,
Em rimas meus sentimentos cantar,
A todos o meu íntimo mostrar,
E ser, na realidade, um profeta.

Posso não ter alma igual ao asceta,
Nunca no silêncio refugiar;
Posso junto dos outros sempre estar,
E ser, na realidade, um cometa.

Também, posso não ser o que pareço,
E inda posso ser, sem o parecer,
Personagem que eu mesmo desconheço.

Eu posso existir sem acontecer,
Ter um fim sem antes ter um começo.
Mesmo sem querer, posso, às vezes, ser.


Marinho de Pina



________________________________________________
[size=small]Se te comentei, subentenda-se que gostei do texto, logo não preciso dizer que gostei.

Se não te comentei, possívelmente não te li, ou então não sei dizer nada sobre...

 
Autor
Marinheski
 
Texto
Data
Leituras
1027
Favoritos
0
Licença
Esta obra está protegida pela licença Creative Commons
3 pontos
3
0
0
Os comentários são de propriedade de seus respectivos autores. Não somos responsáveis pelo seu conteúdo.

Enviado por Tópico
Carla Costeira
Publicado: 30/04/2007 20:27  Atualizado: 30/04/2007 20:27
Colaborador
Usuário desde: 16/02/2007
Localidade: Sintra
Mensagens: 918
 Re: SER S(C)EM SER
Adorei! E afinal... tu és quem és! E um poeta és com certeza.
Bjs

Enviado por Tópico
Gilberto
Publicado: 30/04/2007 20:31  Atualizado: 30/04/2007 20:31
Colaborador
Usuário desde: 21/04/2007
Localidade: V.Nde GAIA-Porto
Mensagens: 1804
 Re: SER S(C)EM SER
Belo soneto Marinheski!

Muito bem conseguido.

Parabéns!

Abraço

Enviado por Tópico
ângelaLugo
Publicado: 30/04/2007 22:09  Atualizado: 30/04/2007 22:09
Colaborador
Usuário desde: 04/09/2006
Localidade: São Paulo - Brasil
Mensagens: 14977
 Re: SER S(C)EM SER p/ Marinheski
Querido poeta

Lindo seu soneto...
Você existe e acontece
com seus sonetos e com
sua alma inspiradora...

Beijinhos no coração