https://www.poetris.com/
 
Homenagens : 

Mãe...aborto, não!..

 
Mãe...porque me matas, dá-me a vida
protege bem, a criança indefesa
és a razão do meu viver
porque não lutas, pela minha sobrevivência
Mãe, protege bem...
o filho teu, a criança indefesa
Mãe, te peço mãe
porque não lutas, pela minha sobrevivência.

Mãe, quero viver, quero nascer
ouve o meu coração
Mãe, quero viver, quero nascer
eu digo aborto não.

Há uma razão para viver
não custa nada a acreditar
Há uma vida para nascer
ouve o teu filho a implorar
Dá-me a vida mãe...
que eu quero viver
Não abortes mãe...
que eu quero nascer.


Cada um por si, se interrogue... consciencializando-se a si próprio, se concordaria ou não, sobre a sua própria existência.
 
Autor
fernandobarbosa
 
Texto
Data
Leituras
2337
Favoritos
0
Licença
Esta obra está protegida pela licença Creative Commons
0 pontos
0
0
0
Os comentários são de propriedade de seus respectivos autores. Não somos responsáveis pelo seu conteúdo.