https://www.poetris.com/
 
Poemas -> Amizade : 

"Deixa que eu seja só teu"

 
Não me julguem mal
não me dêem mais sermões
não me atem mais correntes
chega, basta;…sou um homem normal
diz-me se és meu igual
diz-me; se é isso mesmo que sentes.

Sem receios, venci meus medos
atei-te à minha vida
prendi-te dentro de mim
num suspiro derradeiro
comprei-te, mas sem dinheiro
a mais linda flor de jasmim.

Talvez eu parta vazio
com medo de te perder
pois parto sem ambição
os meus ais, podes roubar
nada mais vais encontrar
apenas desilusão.

voltarás para mim, pensei
despida de preconceitos
segurando a minha mão
a porta tu podes abrir
promete que não vais mais sair
de dentro do meu coração

Muito além dos meus limites
além da compreensão
num grito meu de esperança
num lugar, só teu e meu
deixa que eu seja só teu
pois deixei de ser criança.



Para uma amiga maravilhosa...
O tempo curou as feridas, as cicatrizes permanecerão.
O tempo jamais poderá apagar, a mais bela recordação, desta linda mulher, que sempre permanecerá, como uma chama bem acesa, na intimidade do meu coração.
 
Autor
fernandobarbosa
 
Texto
Data
Leituras
1049
Favoritos
0
Licença
Esta obra está protegida pela licença Creative Commons
0 pontos
0
0
0
Os comentários são de propriedade de seus respectivos autores. Não somos responsáveis pelo seu conteúdo.