https://www.poetris.com/
 
Poemas -> Esperança : 

Mais vida

 
Tags:  morto  
 


Estou na unidade de longa duração de Albufeira. Tenho a doença de Parkinson. Mas tenho já muitas dificuldades. Principalmente a escrever. Peço que me perdoem algum erro. Agradeço ao Luso Poemas por me darem esta oportunidade de escrever os meus poemas...

Mais vida



Já estou morto!...
Morto! Morto! Morto!...
Mas estou morto para a morte.
Porque não há, em mim, alguma com sorte.
Para este meu ser, tomar…
Eis qu’ele disse:
«…Em mim, ninguém morrerá»!
Por isso, morrendo, com este negro, em mim, mar.
Estou vivo! Vivo! Vivo! E tu viverás!
Estou podre! Podre! Neste corpo.
Mas tenho vida. Muita vida «Nele»!
Eis, que não há mal, em mim,
Nem nada em mim, torto.
Porque, já tudo brilha…
Pombas voam! Voam!... Com ele.
E eu estou levitando. Voando…
Para a eterna ilha!..
 
Autor
HELDER-DUARTE
 
Texto
Data
Leituras
796
Favoritos
0
Licença
Esta obra está protegida pela licença Creative Commons
7 pontos
7
0
0
Os comentários são de propriedade de seus respectivos autores. Não somos responsáveis pelo seu conteúdo.

Enviado por Tópico
SofiaDuarte
Publicado: 01/04/2009 15:00  Atualizado: 01/04/2009 15:00
Da casa!
Usuário desde: 19/12/2008
Localidade: Portugal
Mensagens: 325
 Re: Mais vida
Belo poema este em que a vida é abraçada e abandonada de medos, entregando-se completamente ao que verdadeiramente é puro.

Beijo,
Sofia Duarte



Enviado por Tópico
visitante
Publicado: 05/04/2009 02:04  Atualizado: 05/04/2009 02:04
 Re: Mais vida
Entendi seu poetar perfeitamente!

De uma beleza de fé e esperança que confunde os incultos!

Viva essa fé e essa confiança pois aquele que fundou ceus,terra,mar e criou os seres vivente jamais te abandonarás...Sua alma repousará no Senhor!

Amei!

Vejo que ñ tem nenhum amigo porque?

Beijos.

Rosa D Saron