https://www.poetris.com/
 
Poemas : 

Três

 
Na mesma pegada
Que um dia cravei,
Páre.
Ouça...
E escutará a santa mãe
Lhe dizendo de toda
Nossa história,
Sem adulterar
E nem culpar
Nossa polida memória.

No mesmo banco
Que um dia sentei,
Senta.
Olhe...
E verá os olhos tristes
Do menino sonhador
Lhe apontando
Para o caminho sinuoso
Do morro, do céu da paz.

Na mesma escadaria
Que um dia descansei,
Descanse.
Olhe!
E verá a montanha azul
Sendo beijada
Pela nuvem branca...
Lhe mostrando
O contraste,
A infinidade
E a certeza da cumplicidade.


Edilson José

 
Autor
Edilson José
 
Texto
Data
Leituras
828
Favoritos
1
Licença
Esta obra está protegida pela licença Creative Commons
46 pontos
38
0
1
Os comentários são de propriedade de seus respectivos autores. Não somos responsáveis pelo seu conteúdo.

Enviado por Tópico
mim
Publicado: 03/04/2009 20:17  Atualizado: 03/04/2009 20:17
Colaborador
Usuário desde: 14/08/2008
Localidade:
Mensagens: 2858
 Re: Três
Gostei muito, e destaco os olhos tristes...
"No mesmo banco
Que um dia sentei,
Senta.
Olhe...
E verá os olhos tristes
Do menino sonhador
Lhe apontando
Para o caminho sinuoso
Do morro, do céu da paz."

Beijocas doces


Enviado por Tópico
RoqueSilveira
Publicado: 03/04/2009 20:19  Atualizado: 03/04/2009 20:19
Colaborador
Usuário desde: 31/03/2008
Localidade: Braga
Mensagens: 8222
 Re: Três
Às vezes triste, mas sempre terno. Bom fim de semana Edilson


Enviado por Tópico
Henrique Pedro
Publicado: 03/04/2009 20:26  Atualizado: 03/04/2009 20:26
Colaborador
Usuário desde: 28/07/2007
Localidade:
Mensagens: 3821
 Re: Três
Edilson José claramente se afirma como um poeta saudosista. O seu lirismo tocante quase sempre envolve os doces afectos da infância que poeticamente correlaciona com objectos, monumentos, coisas que indelevelmente o marcaram e que, por certo, muito contribuiram para a formação do seu carácter. Nisto, este poema, é paradigmático, espelho do seu estilo e da sua personalidade.
Aplaudo.
Abraço.


Enviado por Tópico
VónyFerreira
Publicado: 03/04/2009 21:29  Atualizado: 03/04/2009 21:29
Membro de honra
Usuário desde: 14/05/2008
Localidade: Leiria
Mensagens: 9702
 Re: Três
Não sei do que gosto mais na tua poesia.
Do teu lirismo, tocante, absorvente, se do
teu lado guerreiro, corajoso, ou ainda o teu lado
de ternura pura onde regrides no tempo e fazes dos sonhos mutilados, amuletos a reflectir luz.
Gosto do que escreve e pronto.
Basta isso, não amigo?
Beijoca
Vóny Ferreira


Enviado por Tópico
Tânia Mara Camargo
Publicado: 03/04/2009 21:30  Atualizado: 03/04/2009 21:30
Colaborador
Usuário desde: 11/09/2007
Localidade:
Mensagens: 4263
 Re: Três
Edi gostei muito, mais uma vez lembrou-me
a minha santa mãe, que Deus a tenha.
Sabe que não há um só dia que não me lembre
dela? Ao deitar-me, ao levantar-me, sei lá
amigo acho que são coisas que tenho que enfrentar.
Beijos!


Enviado por Tópico
Maria Verde
Publicado: 03/04/2009 21:36  Atualizado: 03/04/2009 21:36
Colaborador
Usuário desde: 20/01/2008
Localidade: SP
Mensagens: 3544
 Re: Três
Só quem sabe o que é cumplicidade,
só quem repartiu os mesmos momentos,
só quem viveu um grande sentimento,
compreende versos de pegadas na alma!
lindo Dill!
grande beijo

Maria verde


Enviado por Tópico
saozinha
Publicado: 03/04/2009 21:39  Atualizado: 03/04/2009 21:39
Colaborador
Usuário desde: 09/08/2008
Localidade:
Mensagens: 1606
 Re: Três
Edilson:

Este seu poema levou-me tambem ás memórias da inha infãncia.
Gostei muito.

Beijo


Enviado por Tópico
visitante
Publicado: 03/04/2009 21:49  Atualizado: 03/04/2009 21:49
 Re: Três
As três estrofes do poema poderiam ser milhares e não diriam mais que o conteúdo sucinto desse "Três".
Bjins, Betha.


Enviado por Tópico
Ledalge
Publicado: 03/04/2009 21:57  Atualizado: 03/04/2009 21:57
Colaborador
Usuário desde: 24/07/2007
Localidade: BRASIL
Mensagens: 6880
 Re: Três
Dill, um verdadeiro passeio pela boa poesia! Parabéns! Beijos


Enviado por Tópico
AnaCoelho
Publicado: 03/04/2009 23:59  Atualizado: 03/04/2009 23:59
Colaborador
Usuário desde: 09/05/2008
Localidade: Carregado-Alenquer
Mensagens: 12081
 Re: Três
Pegadas da vida num poema profundo como sempre.

Beijos


Enviado por Tópico
Vera Sousa
Publicado: 04/04/2009 01:25  Atualizado: 04/04/2009 01:25
Membro de honra
Usuário desde: 04/10/2006
Localidade: Amadora
Mensagens: 4100
 Re: Três
Edilson, o poema não é bom, é genial. Li, reli e vou guardá-lo!

Beijo


Enviado por Tópico
visitante
Publicado: 04/04/2009 12:31  Atualizado: 04/04/2009 12:31
 Re: Três
Muito bom!

Menino,
vá bebendo
a doce cumplicidade
do sonho e da poesia.

Abraço,

Paulo


Enviado por Tópico
Henricabilio
Publicado: 04/04/2009 15:01  Atualizado: 04/04/2009 15:01
Colaborador
Usuário desde: 02/04/2009
Localidade: Caldas da Rainha - Portugal
Mensagens: 6963
 Re: Três
Nada mais digno que encontrar almas em sintonia para dar colorido há vida. Um abraçooo para S. Paulo! Abílio


Enviado por Tópico
visitante
Publicado: 04/04/2009 15:32  Atualizado: 04/04/2009 15:34
 Re: Três
mano querido mano, hoje sabemos que as admoestações de quem mais nos amou e ama, acima de todas as coisas, na verdade eram somente lições simples de vida. Sinalizações que o menino levará para sempre na memória libertada. Memórias que o poeta deixa aqui disponibilizadas no poema, para quem quizer; Parar, Olhar e Seguir.

um beijo irmão Dill.
++-Zén


Enviado por Tópico
gil de olive
Publicado: 04/04/2009 23:11  Atualizado: 04/04/2009 23:11
Colaborador
Usuário desde: 03/11/2007
Localidade: Campos do Jordão SP BR
Mensagens: 5046
 Re: Três
Cada dia que passa seus textos estão melhores! Esse está supimpa!


Enviado por Tópico
Vania Lopez
Publicado: 05/04/2009 03:05  Atualizado: 05/04/2009 03:05
Colaborador
Usuário desde: 25/01/2009
Localidade: Pouso Alegre - MG
Mensagens: 17658
 Re: Três
Sua poesia já fala até além de voce...deixa pegadas.
Para mim voce deixou de ser pessoa para se tornar todas as pessoas que lêem. Se misturou e evidenciou sua garra de ser quem é.
Gosto de gostar e aplaudo!

Beijo
vania


Enviado por Tópico
GlóriaSalles
Publicado: 06/04/2009 01:24  Atualizado: 06/04/2009 01:24
Colaborador
Usuário desde: 28/07/2008
Localidade: Flórida Pta-SP
Mensagens: 2514
 Re: Três
A rica e bela poesia se forma
quando vem do coração, quando brota
do íntimo do escritor.
Jorge Amado disse que o verdadeiro escritor
é aquele que escreve o que vive.
É isso aí.
Escrever o que vivemos, pensamos, sentimos,
como percebemos o mundo à nossa volta e nós
mesmos- e nossa saudade,essa é a essência da
obra do poeta.
Muito bem cantada em versos sua saudade Dill.

Meu carinho, sempre.
Open in new window


Enviado por Tópico
MarciaOliveira
Publicado: 06/04/2009 01:29  Atualizado: 06/04/2009 01:29
Da casa!
Usuário desde: 27/07/2008
Localidade:
Mensagens: 432
 Re: Três
Belíssimo texto, Edilson. Parabéns!!!
Carinho,
Márcia.


Enviado por Tópico
glp
Publicado: 07/04/2009 01:33  Atualizado: 07/04/2009 01:33
Da casa!
Usuário desde: 26/02/2007
Localidade: Belas
Mensagens: 464
 Re: Três
Muito bom, Edilson!

Abração