https://www.poetris.com/
 
Poemas : 

Anos do cinema

 
Tags:  VASCO  
 
Anos do cinema
 

Anos em Portugal, gloriosos!
Sim! O foram! Como, nunca!
Tempos do cinema, filmes saudosos.
Vasco, não há hoje, quem esse dom, o cumpra.
E no «Pátio das cantigas», antigas...
Já houve ecos, da liberdade,
A liberdade de 25 de Abril, de saudade.
Estava lá um Russo, de operas antigas.




E a senhora Rosa? Sempre tão charmosa.
E a menina do Brasil, que alegre cantou.
E Portugal e o mundo alegrou!...
E as que cantavam o fado!?... de Portugal!?
Portugal, simples e sem igual...
Naquele tempo, os velhos não iam para o «lar» a pagar.
Mas os netos, deles, lhe davam o seu amar.
E os meninos corriam na rua. Sim época saudosa!


Estou na unidade de longa duração de Albufeira. Tenho a doença de Parkinson. Mas tenho já muitas dificuldades. Principalmente a escrever. Peço que me perdoem algum erro. Agradeço ao Luso Poemas por me darem esta oportunidade de escrever os meus poemas...

 
Autor
HELDER-DUARTE
 
Texto
Data
Leituras
463
Favoritos
0
Licença
Esta obra está protegida pela licença Creative Commons
3 pontos
3
0
0
Os comentários são de propriedade de seus respectivos autores. Não somos responsáveis pelo seu conteúdo.

Enviado por Tópico
Henricabilio
Publicado: 02/08/2009 12:51  Atualizado: 02/08/2009 12:51
Colaborador
Usuário desde: 02/04/2009
Localidade: Caldas da Rainha - Portugal
Mensagens: 6963
 Re: Anos do cinema
Saudosos anos do filme da vida
Que a preto e branco foi passado...
Hoje a película é mais colorida,
Mas continua a negro o nosso fado.

Um abraçooo!
,,, Abíli0 ,,,