« 1 2 (3) 4 5 6 ... 132 »
Offline
AjAraujo
A ponte de teus olhos (AjAraujo)
No arco da ponte de teus olhos, circulam pescadores, barcos, Nas retinas desses olhares passam ...
Enviado por AjAraujo
em 14/11/2016 10:54:58
Offline
AjAraujo
No vazio das horas: ocisosas ou perdidas? (AjAraujo)
No vazio das horas... perdem-se segundos preciosos como piscadas, flashes de máquinas digita...
Enviado por AjAraujo
em 08/11/2016 11:33:51
Offline
AjAraujo
Saudade (AjAraujo)
"A saudade é a memória da história, tenha sido uma abelha estival, ou uma borboleta outo...
Enviado por AjAraujo
em 08/11/2016 11:25:26
Offline
AjAraujo
Desânimo (AjAraujo)
Quando pinta o desânimo, procuro um quadro surreal, e nele deixo-me levar como um galho na co...
Enviado por AjAraujo
em 08/11/2016 11:17:41
Offline
AjAraujo
Um conto de dor e neve (AjAraujo)
Da janela de uma casa ornada em momento preparatório para a ceia de Natal. - O que aquela mulh...
Enviado por AjAraujo
em 03/11/2016 11:54:47
Offline
AjAraujo
A aeronave (Augusto dos Anjos)
Cindindo a vastidão do Azul profundo, Sulcando o espaço, devassando a terra, A Aeronave que um ...
Enviado por AjAraujo
em 23/10/2016 14:52:11
Offline
AjAraujo
A chave (AjAraujo)
A chave onde estará? A porta enfim caberá? A ave então se libertará? A mente se abrirá? A aort...
Enviado por AjAraujo
em 29/09/2016 00:49:09
Offline
AjAraujo
Luneta e escopeta (AjAraujo)
eu que era tão pequenino, nos meus sonhos de menino brincava de carro, caminhão tinha uma velha...
Enviado por AjAraujo
em 29/09/2016 00:42:04
Offline
AjAraujo
Requiem (Anna Akhmatova)
Não, não foi sob um céu estrangeiro, nem ao abrigo de asas estrangeiras – eu estava bem no meio...
Enviado por AjAraujo
em 27/09/2016 01:35:18
Offline
AjAraujo
O canto do último encontro (Anna Akhmatova)
Sentia-me sem forças, gelada, mas os meus passos eram leves. Na mão direita tinha a luva da ...
Enviado por AjAraujo
em 27/09/2016 01:22:20
Offline
AjAraujo
Poesia quântica... (AjAraujo)
Tudo é energia, campos, forças magnéticas, Tudo é simetria, frequências, harmonias, Tudo é ri...
Enviado por AjAraujo
em 25/09/2016 13:04:46
Offline
AjAraujo
Ébrio de aromas
"Nestas margens do lago, floridas de ipês, ébrio de aromas, fico aéreo, assim logo me apag...
Enviado por AjAraujo
em 11/09/2016 02:20:55
Offline
AjAraujo
Vias cruzadas (AjAraujo)
Em qual hemisfério cerebral você se encontra agora? Ah, em frente a máquina, no mundo virtual, q...
Enviado por AjAraujo
em 11/09/2016 00:48:34
Offline
AjAraujo
O velho lampião (AjAraujo)
arte em construir ninhos, além do simbolismo, o velho e gasto lampião abriga famintos filhotes ...
Enviado por AjAraujo
em 10/09/2016 17:20:38
Offline
AjAraujo
Ao encontro do infinito (AjAraujo)
descortinando o amanhecer, abrindo os véus do horizonte navegando ao encontro do infinito, ah,...
Enviado por AjAraujo
em 09/09/2016 19:41:45
Offline
AjAraujo
Esmola: desprezo ou compaixão? (AjAraujo)
A esmola praticada como um ato de livrar-se do pedinte, pode significar uma atitude de desprezo ...
Enviado por AjAraujo
em 09/09/2016 19:41:00
Offline
AjAraujo
O elevador (AjAraujo)
Ah, o que o sr. está esperando há tanto tempo? O elevador executivo! Mas, não serve este socia...
Enviado por AjAraujo
em 09/09/2016 00:59:46
Offline
AjAraujo
Apito final da partida terrena (AjAraujo)
entre partir e ficar, ficar dói mais por saber que a partida é o final ou o reinício, a saber, n...
Enviado por AjAraujo
em 08/09/2016 19:11:10
Offline
AjAraujo
Não adianta querer matar o tempo (AjAraujo)
abaixe essa arma, largue o cobertor não adianta querer matar o tempo nem passar da conta do ...
Enviado por AjAraujo
em 08/09/2016 01:16:19
Offline
AjAraujo
À Estrela [poetas romenos] (Mihai Eminescu)
Até à estrela que reluz, Há uma distância de trespasse. Correu milênios sua luz Para que enfim ...
Enviado por AjAraujo
em 08/09/2016 00:24:43
« 1 2 (3) 4 5 6 ... 132 »