https://www.poetris.com/

 
« 1 2 3 (4) 5 6 7 ... 11012 »
Textos deste autor
Offline
Azke,
"aint no sunshine when shes gone,"
"(...)o coração em dois me partes. Jogai fora a metade que não presta, para com a outra par...
Enviado por Azke,
em 30/11/2019 01:15:44
Textos deste autor
Offline
Azke,
"imprevisível,"
"(...)o coração em dois me partes. Jogai fora a metade que não presta, para com a outra par...
Enviado por Azke,
em 30/11/2019 01:06:11
Textos deste autor
Offline
Azke,
"soneto dirigido,"
"(...) que indigna criatura acreditas que eu seja? Estás querendo fazer de mim um divertime...
Enviado por Azke,
em 30/11/2019 01:02:04
Textos deste autor
Offline
Odairjsilva
O brilho do sol
Tentei viver uma vida sem você No entanto, o brilho do sol se tornou frio As nuvens não deram c...
Enviado por Odairjsilva
em 30/11/2019 00:07:34
Textos deste autor
Offline
PoetaHugo
"ADIMIRANDO O CÉU".
"ADMIRANDO O CÉU" (Poesia). Quando eu olhei para o céu eu vi a lua...
Enviado por PoetaHugo
em 29/11/2019 21:58:18
Textos deste autor
Offline
Carlos Ricardo
Não me obriguem a vir para a rua gritar
Quando nos sentimos obrigados a vir para a rua gritar... As nossas percepções tendem a ser influe...
Enviado por Carlos Ricardo
em 29/11/2019 21:55:37
Textos deste autor
Offline
Migueljaco
ME DEIXE ANCORAR MEU BARCO
Me deixe ancorar meu barco No amplo conforto do teu porto Para enfrentar aos desacatos Que tem r...
Enviado por Migueljaco
em 29/11/2019 19:21:25
Textos deste autor
Offline
Jorge-Santos
"Sic est vulgus"
"No light, but rather darkness visible" Dificilmente se nasce de geração espontânea...
Enviado por Jorge-Santos
em 29/11/2019 19:05:07
Textos deste autor
Offline
miguelben
Regresso
Nova vida Nova sensação Na forma decidida Em que a solidão Entranha E abraça Faz parte Num r...
Enviado por miguelben
em 29/11/2019 13:53:55
Textos deste autor
Offline
João Marino Delize
Primeira profissão
Primeira profissão Minha primeira profissão foi a enxada Quando eu trabalhava ao sol ardente Des...
Enviado por João Marino Delize
em 29/11/2019 13:39:30
Textos deste autor
Offline
Jdcc1
Sobre o ego que me habita
Frio, ao ponto de saber amar. Calculista, ao ponto de direcionar meu amor. Esperto, ao ponto ...
Enviado por Jdcc1
em 29/11/2019 13:15:07
Textos deste autor
Offline
Upanhaca
Solidão cravada n’alma
Solidão cravada n’alma, Amola dor nos ouvidos De quem carece, ouvir uma voz No limiar da sua por...
Enviado por Upanhaca
em 29/11/2019 11:28:12
Textos deste autor
Offline
RicardoC
MENINO-HOMEM
MENINO-HOMEM Nascido e criado em roça, cresci rude. Sujeito envergonhado e caladinho; No afã de ...
Enviado por RicardoC
em 29/11/2019 10:45:21
Textos deste autor
Offline
Rogério Beça
guia
Só vais comigo se vou contigo, é tão evidente. Vamos vais e vou. ...
Enviado por Rogério Beça
em 29/11/2019 09:27:58
Textos deste autor
Offline
montalvan
Decadência
Decadência Chegamos ao meio, entre o branco e o preto houveram infinitos amanheceres. Eramos um...
Enviado por montalvan
em 29/11/2019 00:41:43
Textos deste autor
Offline
Jairo Nunes Bezerra
SEM A TUA PRESENÇA
SEM A TUA PRESENÇA (Jairo Nunes Bezerra) Fiquei enlouquecido ao ver-te na solidão, Tu que atrai...
Enviado por Jairo Nunes Bezerra
em 29/11/2019 00:17:21
Textos deste autor
Offline
Violante
Um dia
Sou um barco de papel, atracado no cais deste desencanto. Meu. E de todos os barcos frágeis e bra...
Enviado por Violante
em 28/11/2019 20:52:11
Textos deste autor
Offline
OTiagoM
Ensaios Sobre o Feijão
Os Vegetarianos falam pra comer arroz com feijão Os halterofilistas falam pra comer arroz ou fei...
Enviado por OTiagoM
em 28/11/2019 16:26:46
Textos deste autor
Offline
Jdcc1
Busca
Buscando o profundo em verso raso Solidificando impiedoso as incertezas Onde o tempo não permite ...
Enviado por Jdcc1
em 28/11/2019 15:21:43
Textos deste autor
Offline
pleonasmo
Praça sem nome
Hoje foi o último dia em que do ar, recitámos a idosa porção de estar vivo, voltamos qualquer di...
Enviado por pleonasmo
em 28/11/2019 14:56:28
« 1 2 3 (4) 5 6 7 ... 11012 »