https://www.poetris.com/

 
(1) 2 »
Offline
Alex
Fevereiro com Fim
Era o mês mais longo de todos os meses o dia nasceu com chuva mas repleto de luz radiante de espe...
Enviado por Alex
em 21/04/2009 20:10:14
Offline
Alex
Inseguro
Convidas o prazer a morar contigo avisas o teu mais íntimo amigo e envolves a etiqueta de insegur...
Enviado por Alex
em 08/09/2008 19:27:31
Offline
Alex
Lágrima
Chora Cai a água da tua fonte... Crescem as margens pela face, o horizonte. Deixa-te levar pelo ...
Enviado por Alex
em 29/08/2008 16:52:33
Offline
Alex
Nenhum ano novo
À beira de um ano novo acende-se o lume apaga-se o fogo. Ateia-se a chama desvenda-se o ciúme faz...
Enviado por Alex
em 31/12/2007 17:17:52
Offline
Alex
À margem
Um rio nasce do nada, tal como as estrelas são douradas e o fogo é incandescente. Da alma surge a...
Enviado por Alex
em 17/11/2007 23:43:15
Offline
Alex
Restos
Já nada resta aqui. Partiram todos para o outro lado do rio, faz muito tempo. Despeço-me hoje e v...
Enviado por Alex
em 29/10/2007 23:04:24
Offline
Alex
Ideias coloridas
Quero ter-te em todas as ideias à procura das cerejas que florescem nas aldeias e dos flamingos ...
Enviado por Alex
em 19/10/2007 23:28:09
Offline
Alex
Sublime
Se nada mais existe para lá do pensamento deixem-me viver aí sempre. Nessa imensidão do desconhec...
Enviado por Alex
em 12/10/2007 19:56:10
Offline
Alex
De repente
De repente, num instante, a cor é outra Acordam os rasgos e as tiras da roda colorida da vida Sal...
Enviado por Alex
em 24/09/2007 23:21:43
Offline
Alex
Instante
Das histórias que se contam não há nada p´ra esconder Das memórias que se seguem, os livros não o...
Enviado por Alex
em 20/09/2007 00:47:15
Offline
Alex
Incontornável
Foge-me o espaço, foge-me o tempo! Caio sem asas e com receios. Vão-se as dádivas d´outrora, não ...
Enviado por Alex
em 13/09/2007 22:00:50
Offline
Alex
Decreto da não poesia
Hoje não há poesia. Não vou reler folhas, reescrever versos ou buscar inspiração para outros. Não...
Enviado por Alex
em 11/09/2007 20:53:29
Offline
Alex
Sou
Sou louco sou trouxa sou tudo o que queres, eu sei! Sou ridículo, estranho talvez, mas sou o home...
Enviado por Alex
em 10/09/2007 18:23:57
Offline
Alex
MagiaDeSer
Se da vida tirar a magia de um saco à minha medida não faltarão linhas que o prendem ao infinito....
Enviado por Alex
em 06/09/2007 23:10:24
Offline
Alex
Suave
Tão suave a pele que ninguém sabe, o encanto que em ti cabe por ser assim. Suave, a onda que te i...
Enviado por Alex
em 03/09/2007 21:29:36
Offline
Alex
Chuva de Verão
Sabe tão bem a chuva de Verão, água do céu vem molhar o chão. O sabor que da terra nasce é tão d...
Enviado por Alex
em 31/08/2007 19:05:32
Offline
Alex
Vozes roucas
Não vale a pena remar contra a maré. Da gente se faz nada, sem brio mas com garra para que o povo...
Enviado por Alex
em 30/08/2007 15:06:27
Offline
Alex
Vem ter comigo
Vem ter comigo ao lugar incerto que prometi. Vem falar do tempo, do mundo inseguro que conheci. ...
Enviado por Alex
em 27/08/2007 15:30:22
Offline
Alex
Lágrimas do Mondego
Enquanto o encanto não passa deixo o rio que me atravessa e escrevo numa folha de plátano o desti...
Enviado por Alex
em 20/08/2007 00:44:25
Offline
Alex
Procurar
Posso ser um céu aberto, um espaço distante, um zé ninguém. Posso ter um mundo imenso, um amor i...
Enviado por Alex
em 19/08/2007 16:35:15
(1) 2 »