https://www.poetris.com/

 
Offline
PedroGabi
Rascunhando fragrâncias X
(…) Tem seculos que os meus dedos não acariciavam o inerte teclado, debitando sentires fonte de ...
Enviado por PedroGabi
em 15/07/2019 03:10:55
Offline
PedroGabi
O Pedro morre de morte assistida
O Pedro morre de morte assistida, comunico-vos. Morre á beira mar, na areia quente e sedosa numa...
Enviado por PedroGabi
em 06/06/2018 12:43:56
Offline
PedroGabi
Rascunhando fragrâncias IX
(...) Hoje sinto cascatas no meu peito, deslizando pelos meus olhos magoados Uma eternidade, o ...
Enviado por PedroGabi
em 18/12/2017 01:23:59
Offline
PedroGabi
Rascunhando fragrâncias VIII
(...) Tentei controlar a emoção quando o sopro da tua voz, penetrou suavemente o meu ouvido. O c...
Enviado por PedroGabi
em 27/05/2017 12:57:52
Offline
PedroGabi
Tão simples e tão complicada... a vida
Calo-me nesta vertigem delicada Num espasmar constante Em te querer ter….minha Nestes braços des...
Enviado por PedroGabi
em 04/08/2015 11:31:21
Offline
PedroGabi
Rascunhando fragrâncias VII
Mas um rascunho a juntar-se aos outros, mais um que escreve o meu corpo em dedos hesitantes e tré...
Enviado por PedroGabi
em 27/12/2013 12:08:11
Offline
PedroGabi
O sabor dos teus lábios
O sabor dos teus lábios são fagulhas incandescentes purpuras desvairadas navegantes do tempo são...
Enviado por PedroGabi
em 03/10/2013 20:02:40
Offline
PedroGabi
Rascunhando fragrâncias VI
Estou aqui, neste casulo amargo, que me amarra o peito, tenho saudades de ti, da tua voz que expi...
Enviado por PedroGabi
em 19/09/2013 18:44:39
Offline
PedroGabi
Rascunhando fragrâncias V
Mais um dia a acrescentar à minha vida, a esta minha vida desalinhada, onde as ondas do tempo tra...
Enviado por PedroGabi
em 07/09/2013 17:24:23
Offline
PedroGabi
Rascunhando fragrâncias IV
Como dizer-te que preciso de ti mais do que nunca? Como posso correr, romper a noite e aninhar-me...
Enviado por PedroGabi
em 08/06/2013 20:54:33
Offline
PedroGabi
Rascunhando fragrâncias III
Esperei-vos numa rua qualquer da cidade. Sentia-me ansioso, as pessoas passavam por mim ora lenta...
Enviado por PedroGabi
em 07/10/2012 00:14:39
Offline
PedroGabi
Rascunhando fragrâncias II
A cidade move-se densa a meus pés. O sol beija-me no lado direito do rosto, como uma carícia suav...
Enviado por PedroGabi
em 05/10/2012 16:52:46
Offline
PedroGabi
Rascunhando fragrâncias I
Naquela noite olhei-te, todas as emoções foram atabalhoadamente metidas num saco e o meu corpo hi...
Enviado por PedroGabi
em 04/10/2012 17:43:34