https://www.poetris.com/

 
(1) 2 3 4 ... 8 »
Offline
JB
Há tanto tempo que não namoro uma folha em branco.
Todos os dias penso nela, percebo-lhe a beleza escondida, o quanto crescemos quando nos envolvemo...
Enviado por JB
em 21/01/2010 09:22:41
Offline
JB
Poemas de ti-20
Sim, Amor É o beijo que se acende ergue-se vivo na minha boca e declaro-me na entrega do meu corp...
Enviado por JB
em 18/12/2009 17:27:54
Offline
JB
Razões de Ti (4)
Abres-me a porta, entro, com a cumplicidade que os silêncios sabem dizer melhor que mil palavras ...
Enviado por JB
em 03/12/2009 17:25:21
Offline
JB
Linha da Vida
Esta linha ténue que divide os dois lados da vida, atormenta-me e rompe-me as amarras, cresce...
Enviado por JB
em 18/11/2009 14:22:01
Offline
JB
Poemas de ti (19)
Do acordar de ti serena deslumbrante nasce a incontida ternura que se abre nos meus olhos. quando...
Enviado por JB
em 29/10/2009 08:43:51
Offline
JB
Poemas de Ti (18)
No mistério dos afectos inexplicáveis que se debruçam sobre ti, e te encontram quase nua, en...
Enviado por JB
em 23/10/2009 16:10:51
Offline
JB
Razões por ti
Há na vida, razões que me são estranhas, locais e paragens onde nunca irei, tempos que passam com...
Enviado por JB
em 23/04/2009 11:16:06
Offline
JB
A tua presença
Perturba-me saber-te, encontrar-te na interminável persistência com que desafias os meus sentidos...
Enviado por JB
em 12/02/2009 14:33:45
Offline
JB
Dia 25
Um dia um motivo - um monstro de olhos vermelhos dissimulados em sacos em rostos de afogueio c...
Enviado por JB
em 19/12/2008 15:24:26
Offline
JB
Declaro
Declaro-te o meu amor, crio em ti o colo, onde me recolho e sossego, porque sorriste quando te di...
Enviado por JB
em 19/12/2008 15:22:58
Offline
JB
O teu vestido negro
Gosto de te ver nesse vestido, simples, negro, as alças que te afagam teus ombros finos, onde rep...
Enviado por JB
em 01/12/2008 18:58:10
Offline
JB
As palavras mexem-se sózinhas
É certo que me falta a vontade e a causa de sempre ter vontade de escrever e sentir as palavras q...
Enviado por JB
em 01/12/2008 18:54:28
Offline
JB
Poemas de ti (14)
Na intensidade do tempo vazio sem ti, desafio as memórias como um rosário onde cada conta, é um...
Enviado por JB
em 11/11/2008 19:22:56
Offline
JB
Estou à tua espera
Estou à tua espera Estou à tua espera sem que o saibas, o vento baila intenso e as marés deixam...
Enviado por JB
em 11/11/2008 19:22:01
Offline
JB
Poema ao Jantar
Olá, que estás a fazer? O jantar. O que é que vais fazer? Um poema… Só um poema, ou alguma coisa ...
Enviado por JB
em 03/11/2008 18:24:57
Offline
JB
Virtual
Virtual a sombra que imagino seres tu. Oiço as sombras a desaguarem pelos meus olhos – virtuais...
Enviado por JB
em 28/10/2008 19:00:40
Offline
JB
Sentidos
olho, sinto, penso escuto, não sou mais que uma vela branca pronta a perder-se no teu fogo que pr...
Enviado por JB
em 21/10/2008 11:59:55
Offline
JB
Não sei escrever sobre o amor,
Não sei escrever senão sobre o amor, lamechas, confidente, pensado e louco, violento na sua amarg...
Enviado por JB
em 13/10/2008 19:15:55
Offline
JB
Poema de ti (13)
Porque me faltas, corre-me pelo rosto a saudade, chega-me aos lábios o sal, sabor da tua falta ...
Enviado por JB
em 30/09/2008 15:05:05
Offline
JB
Poema de Ti (14)
A força com que te amo e te desejo, é como árvore de raízes fortes e profundas, que cresce e nã...
Enviado por JB
em 30/09/2008 15:04:19
(1) 2 3 4 ... 8 »