https://www.poetris.com/

 
(1) 2 »
Offline
AlmaMater
...
de tantas vezes ter sido alma - a tua - e de tantas outras a teres esquecido que desfiz os ali...
Enviado por AlmaMater
em 15/01/2019 01:33:14
Offline
AlmaMater
... 1 1/2
verso e reverso pontos - tantos! - reticências. existência. ser humano, afinal. e o sonho, n...
Enviado por AlmaMater
em 07/01/2019 15:33:00
Offline
AlmaMater
...
"Ah, não há saudades mais dolorosas do que as das coisas que nunca foram!" Bernardo Soa...
Enviado por AlmaMater
em 05/01/2019 18:46:37
Offline
AlmaMater
no caminho da boca.
sempre a vida! no caminho da tua boca soando a beijos lançando sorrisos a mão estendida...
Enviado por AlmaMater
em 28/12/2018 01:52:06
Offline
AlmaMater
promíscua.
deste prazer, te digo: não é só o que desejavas mas o que me apetece. [dar-te]
Enviado por AlmaMater
em 19/10/2018 22:01:01
Offline
AlmaMater
epígrafe.
do viver sem? pois. vai correndo. fluindo. vivendo. ou não.
Enviado por AlmaMater
em 16/10/2018 15:40:07
Offline
AlmaMater
a verdade, queres sabê-la?
é verdade. dizia-mo devagar silencioso numa saudade antecipada por um adeus inevitável. a v...
Enviado por AlmaMater
em 17/03/2018 23:49:50
Offline
AlmaMater
aparências sem nome.
há uma saudade que me arranca por dentro se solta ao vento que me aprisiona que me indefere que...
Enviado por AlmaMater
em 15/03/2018 18:11:53
Offline
AlmaMater
... da pele que te fala.
grava-me o Sorriso. assim: por dentro. as carícias são ao vento: queimam saram -pedem mai...
Enviado por AlmaMater
em 14/03/2018 10:42:49
Offline
AlmaMater
brincadeira.
a glória de ser tua na promessa escondida no silêncio sorridente -num breve piscar de olho- a...
Enviado por AlmaMater
em 06/03/2018 21:29:56
Offline
AlmaMater
sin.
e que te importa se é cetim, algodão o verso ou o reverso? este é o corpo para que o tomes s...
Enviado por AlmaMater
em 25/02/2018 23:38:08
Offline
AlmaMater
no doubt.
de quantas palavras precisas ainda? de quantas esperas...? momentos de silêncio? terei se...
Enviado por AlmaMater
em 24/02/2018 23:33:10
Offline
AlmaMater
profano.
profano. o silêncio. por tantas vezes lhe chamar areal [e tu dizeres mar] de tantas vezes...
Enviado por AlmaMater
em 13/02/2018 23:56:39
Offline
AlmaMater
da facilidade de Amar.
fácil é amar-te. e ser assim, pele gosto pueril de sempre ainda sem outro tom outra voz outr...
Enviado por AlmaMater
em 10/02/2018 18:57:52
Offline
AlmaMater
antes de tu seres
antes de tu seres? havia [porque diziam] castelos e princesas promessas e deleites sins, e...
Enviado por AlmaMater
em 08/02/2018 17:25:14
Offline
AlmaMater
repouso.
deito calmo o pensamento no teu olhar. e tu lês tudo o que não digo. espreguiço contida ...
Enviado por AlmaMater
em 06/02/2018 11:04:04
Offline
AlmaMater
bastas-me assim.
bastas-me assim... entre o nosso começo e o fim. há luzes e sombras. sim e não. querer e que...
Enviado por AlmaMater
em 04/02/2018 13:44:04
Offline
AlmaMater
o começo e o fim
o tom de pele no olhar. e quando me dizias não é de alma não é do coração não. nasce mais aqui...
Enviado por AlmaMater
em 31/01/2018 14:45:07
Offline
AlmaMater
águas apenas.
rebeldes, estas águas em que me assisto. são palavras que me escrevem que desenham a minha a...
Enviado por AlmaMater
em 22/01/2018 15:38:18
Offline
AlmaMater
Não!, dizias.
Não!, dizias. não olhes, não concordes, não perguntes, não te aproximes... deixa-me. não quer...
Enviado por AlmaMater
em 20/01/2018 17:56:56
(1) 2 »