https://www.poetris.com/

 
(1) 2 3 4 ... 15 »
Offline
LucianoSpagnol
O AMOR QUE É AMOR
O amor que é amor jamais vacila Nas paixões iradas entra sem medo Leva consigo a afeição e o enre...
Enviado por LucianoSpagnol
em 14/08/2020 11:53:31
Offline
LucianoSpagnol
Pai, na saudade
Quando me dei conta da ausência Na idade madura me encontrava O senhor não era mais suficiência H...
Enviado por LucianoSpagnol
em 09/08/2020 14:41:35
Offline
LucianoSpagnol
A ESCULTURA (soneto)
A ESCULTURA (soneto) Idealizada, em traços no pó de mármor Num luzidio de inspiração e de talent...
Enviado por LucianoSpagnol
em 06/08/2020 15:56:12
Offline
LucianoSpagnol
SONETO SEM SONO
Tarde da noite. Ao meu leito me abrigo Meu Deus! E está insônia! Que conversa Morde-me o pensamen...
Enviado por LucianoSpagnol
em 05/08/2020 15:44:12
Offline
LucianoSpagnol
O AMOR (soneto)
O sentimento é uma formosa safira Rútila, que o prazer do sentir enseja Onde a emoção a companhia...
Enviado por LucianoSpagnol
em 04/08/2020 00:29:44
Offline
LucianoSpagnol
Agosto do desgosto
Um não sei desgosto, de onde? Um olhar na sorte e não se vê A perspectiva não se esconde O amor r...
Enviado por LucianoSpagnol
em 02/08/2020 19:44:46
Offline
LucianoSpagnol
A MORTE DAS VIOLETAS (soneto)
No vaso floreado de variada cor De suave frescor e delicada trama Cheias de viço e aveludada rama...
Enviado por LucianoSpagnol
em 02/08/2020 14:31:54
Offline
LucianoSpagnol
MAL SECRETO (soneto)
Se o vazio que sente, na saudade que mora No peito, e sufoca cada gesto recordado Cada olhar do p...
Enviado por LucianoSpagnol
em 01/08/2020 19:54:13
Offline
LucianoSpagnol
DESENCANTO (soneto)
Muitas vezes trovei os amores idos Chorando o desalento e desventura No engano, numa lira feroz e...
Enviado por LucianoSpagnol
em 30/07/2020 20:05:18
Offline
LucianoSpagnol
O ACENDEDOR DO DIA (soneto)
Lá vem o sol o acendedor do dia na rua Este mesmo, rubro, que vem reluzente Raiando no horizonte,...
Enviado por LucianoSpagnol
em 30/07/2020 13:14:16
Offline
LucianoSpagnol
AOS PÉS DA CRUZ (soneto)
A Vós submisso vou, braços crucificados Nesse calvário sacrossanto da paixão Receba-me, na Tua e...
Enviado por LucianoSpagnol
em 29/07/2020 16:49:38
Offline
LucianoSpagnol
OUTONO EM POESIA (soneto)
Bailando no ar, gemia inquieta a folha caída No azul do céu, do sertão, ao vento rodopia Agitando...
Enviado por LucianoSpagnol
em 28/07/2020 15:13:42
Offline
LucianoSpagnol
RUMO (soneto)
Cada amor é um perfume, uma flor, um jeito Nem se conhecem, o que vale, e que importe É a essênci...
Enviado por LucianoSpagnol
em 27/07/2020 17:38:08
Offline
LucianoSpagnol
CONTA E AMOR (soneto)
Amor roga terna conta do meu afeto E eu, servil, ao amor dar-lhe-ei conta Mas, sem a ponta, como ...
Enviado por LucianoSpagnol
em 27/07/2020 14:09:50
Offline
LucianoSpagnol
CONFIDÊNCIAS (soneto)
Eu fui falar, vexado, da minha solidão Ao cerrado; e aos arbustos torcidos Querendo pacificar a m...
Enviado por LucianoSpagnol
em 26/07/2020 12:23:11
Offline
LucianoSpagnol
TOCAIA (soneto)
Ao sopro do vendaval no cerrado No céu azul da vastidão do sertão Segue veloz os sonhos do coraçã...
Enviado por LucianoSpagnol
em 24/07/2020 20:06:11
Offline
LucianoSpagnol
VERSAR MORIBUNDO (soneto)
Tome, solidão, está espada, e.… fira Meu sofrente coração, tão azarento. Que importa a mim ter ár...
Enviado por LucianoSpagnol
em 24/07/2020 13:50:17
Offline
LucianoSpagnol
A ÁRVORE DA SERRA (soneto)
A árvore, da serra, no cerrado, tem encanto! E essa árvore tão colorida que o olhar acalma Aderna...
Enviado por LucianoSpagnol
em 23/07/2020 16:33:32
Offline
LucianoSpagnol
ATO DE CARIDADE (soneto)
Que eu tenha o Bem, e Paz. Assim eu faça! Que a mão posta ouça as preces, alce voo Maria, Mãe, vo...
Enviado por LucianoSpagnol
em 22/07/2020 14:18:19
Offline
LucianoSpagnol
AME O TEU AMOR (soneto)
Ame o teu amor, enquanto tens e enquanto O teu afeto é o aconchego no amável olhar Assim, quem n...
Enviado por LucianoSpagnol
em 21/07/2020 15:46:47
(1) 2 3 4 ... 15 »