https://www.poetris.com/

 
(1) 2 »
Offline
Veit
Varandas da tarde
A tarde se  estica... Eu me perdi das horas. Eu me esqueci das contas, da solda, de tudo. Sova!....
Enviado por Veit
em 08/03/2021 03:32:21
Offline
Veit
Fevereiro está indo embora
Vejo a vida se alvoroçar lá fora. Vejo o verde confuso nas penas do pássaro. Boninas  vermelhas b...
Enviado por Veit
em 01/03/2021 00:41:05
Offline
Veit
Poder hostil
Ao pôr do sol Não há mais sepulcros, os louros ardem... Não há mais sonhos de vida, só sombra...
Enviado por Veit
em 23/02/2021 04:56:23
Offline
Veit
Céu noturno
À meia- noite deito os olhos  no corgo, assomo lágrimas na tez. Outra vez... Outra vez mais a sa...
Enviado por Veit
em 19/02/2021 02:36:57
Offline
Veit
Na varanda de olhos cinzas e tijolinhos
Xô, Pardalzinho! Que cê tá fazendo aqui? Na varanda onde os sonhos quaram... Vá brincar no seu j...
Enviado por Veit
em 09/02/2021 00:29:26
Offline
Veit
Um vinho tinto...
Deixa- me, deixa-me noite! Sou presa d'um espelho oxidado. Eu já perdi o sono, eu  já disse...
Enviado por Veit
em 27/01/2021 11:21:29
Offline
Veit
Eu morri no tredo alvor durante o sono.
Vá pensamento, amanha sua liberdade! Vá nas crinas do vento  buscar a frágua dos dias vindouros....
Enviado por Veit
em 26/01/2021 17:38:21
Offline
Veit
Um dia a menos
03:00 da manhã Durma durma, menino azul... Do lado direito da margem. Entre cravos e tintas, ...
Enviado por Veit
em 25/01/2021 08:01:52
Offline
Veit
Por que crianças matam?
Coração Jambolão peca! Coração Blueberry bate lento! Coração Mangostão se confessa!... De vigíli...
Enviado por Veit
em 24/01/2021 23:46:49
Offline
Veit
Convenção
Viver debaixo de nuvens esquisitas é um fardo. Viver com o reto despido não é fácil. Coração ...
Enviado por Veit
em 28/09/2020 11:17:09
Offline
Veit
Pulgões do Algodoeiro
É carmin o quinto dos infernos. Os cães do demônio rateiam minha carne, premem a ternura com os ...
Enviado por Veit
em 25/09/2020 12:53:03
Offline
Veit
Sobre vozes e sons
Sinto falta de respirar, da luz que acorda o estado vario. O abraço, o amor... Adocicada ma...
Enviado por Veit
em 24/08/2020 19:06:05
Offline
Veit
Os olhos viraram rios
    Foz , leito, estuário... Ausente das mãos  o olor das peônias. No cálice da manhã ben...
Enviado por Veit
em 02/06/2020 05:56:07
Offline
Veit
El diablo
Qual é a pior parte? Os chifres ou o rabo? Leonor Huntr
Enviado por Veit
em 30/05/2020 09:04:36
Offline
Veit
Ao rapaz do cachecol cinza
Força! Coragem! Vamos rir da imperfeição! Fugir dos laços, Dos abraços, Ser luxo e.não querer ma...
Enviado por Veit
em 30/05/2020 01:43:54
Offline
Veit
A teus pés
Ó bendita dor estrangeira!... O silêncio esmiúça as esmolas ao te ver passar. Maldigo o riso pu...
Enviado por Veit
em 22/05/2020 19:27:42
Offline
Veit
como verbo, o ar
A Veit Li num poema persa " a tua ausência será O meu momento de cotovia" Po...
Enviado por Veit
em 17/05/2020 10:39:02
Offline
Veit
Dizer o quê?... Pedras me abocam, arrancam as pétalas, deixam o talo nu.
Deveras, estou densa!... Os dias passam velozes pelas cercanias dos versos. O tino rondeia sals...
Enviado por Veit
em 16/05/2020 10:10:56
Offline
Veit
Como é triste a casa de Jesus
Convento de Santa Clara . 8.00 da manhã. Quem me dera o dia bem claro, com boas novas correndo...
Enviado por Veit
em 20/03/2020 00:58:16
Offline
Veit
Por trás de nuvens espessas
Silêncio!... Há no quarto cinzento, três sonhos morrendo, um' alma em apuros. Que infortún...
Enviado por Veit
em 14/02/2020 17:44:37
(1) 2 »