https://www.poetris.com/

 
Offline
Veit
A teus pés
Ó bendita dor estrangeira!... O silêncio esmiúça as esmolas ao te ver passar. Maldigo o riso pu...
Enviado por Veit
em 22/05/2020 19:27:42
Offline
Veit
"Eu Preciso Doutro Designer Veit"
Chegaste em Agosto, flor de Janeiro, o grande fadista dedicado a Janus, numa manhã quente em que ...
Enviado por Veit
em 22/05/2020 02:12:18
Offline
Veit
Sem título
Folheias as pedras brancas puras Cuida da tua rosa, da tua rosa modelada como todas contudo estru...
Enviado por Veit
em 17/05/2020 21:51:22
Offline
Veit
como verbo, o ar
A Veit Li num poema persa " a tua ausência será O meu momento de cotovia" Po...
Enviado por Veit
em 17/05/2020 10:39:02
Offline
Veit
Dizer o quê?... Pedras me abocam, arrancam as pétalas, deixam o talo nu.
Deveras, estou densa!... Os dias passam velozes pelas cercanias dos versos. O tino rondeia sals...
Enviado por Veit
em 16/05/2020 10:10:56
Offline
Veit
Como é triste a casa de Jesus
Convento de Santa Clara . 8.00 da manhã. Quem me dera o dia bem claro, com boas novas correndo...
Enviado por Veit
em 20/03/2020 00:58:16
Offline
Veit
Por trás de nuvens espessas
Silêncio!... Há no quarto cinzento, três sonhos morrendo, um' alma em apuros. Que infortún...
Enviado por Veit
em 14/02/2020 17:44:37
Offline
Veit
O massacre da fé
Data cinco dias e as portas do inferno se abrem. O leito do oceano está vazio... Não há mais prec...
Enviado por Veit
em 06/02/2020 01:49:21
Offline
Veit
Aves que pairam na greta do inferno.
Dentro dela estão meus ossos. O cão bebe sangue, de sobreaviso. Dentro dela, na xícara amarela,...
Enviado por Veit
em 27/01/2020 02:24:49
Offline
Veit
Meras sensações...
Tão lascivas! Tão perversas! À parte, desfaço o trato c'o diabo ao ver bagos tão negros! C...
Enviado por Veit
em 05/01/2020 13:17:18
Offline
Veit
Às vias de fato
Estranho a fé lassa. Estranho os olhares que passam e, noites vazias em comunhão. Quem me dera...
Enviado por Veit
em 29/12/2019 17:41:46
Offline
Veit
Nas portas da cidade
Imola, ó céu! Imola! Nesta manhã que canta, neste dia tão manso! Quando a noite, enfim, pousar.....
Enviado por Veit
em 26/12/2019 13:15:39
Offline
Veit
Rinha
A rebeldia se finda. Ouço a tropelia dos monges,os queixumes das águas, a queda d'um pas...
Enviado por Veit
em 25/12/2019 11:14:40
Offline
Veit
Entre o céu de Sampa e o inferno dos pampas
Existem precipícios. Existem hospícios. Orações enfadonhas. Noites insones. Fé quebrantada. Mo...
Enviado por Veit
em 19/12/2019 02:54:38
Offline
Veit
Pedras brilhantes e um pano ferido
Tire das minhas pálpebras o ocre barrento da morte. Tinte a felicidade premendo o rubi. Como se ...
Enviado por Veit
em 16/12/2019 11:04:39