https://www.poetris.com/

 
Offline
Gilda.
(in)lucidez
… a procurar o tempo dentro dos meus olhos a abrir os poros para deixar respirar as palavras nã...
Enviado por Gilda.
em 09/04/2021 11:57:27
Offline
Gilda.
Raízes
Existem palavras pequeninas que tu não conheces. Palavras pequenas sem princípio ou fim como sei...
Enviado por Gilda.
em 06/04/2021 22:44:36
Offline
Gilda.
O lado invisível
Há um lado de mim que não me pertence. É uma folha invisível a voar sobre o mar a olhar a gaiv...
Enviado por Gilda.
em 05/04/2021 10:37:46
Offline
Gilda.
Ausência
É de borboletas que falo. E de azuis ziguezagueantes num tempo de voos ardentes e sorrisos vag...
Enviado por Gilda.
em 01/04/2021 11:16:22
Offline
Gilda.
Útero
Há um lugar indizível onde recolho os traços das primeiras águas onde o tempo errante reúne em ...
Enviado por Gilda.
em 31/03/2021 13:49:33
Offline
Gilda.
O azul dos teus olhos castanhos
Desenho-te, em cenários de azuis. Junto música e seda. Seda melodiosa, música acetinada. Adivi...
Enviado por Gilda.
em 30/03/2021 11:12:57
Offline
Gilda.
Nos meus olhos um oceano
Entre as gotas do tempo submerso em verdades inexoráveis, esfumam-se tardias sombras, inadiáveis...
Enviado por Gilda.
em 29/03/2021 15:33:12
Offline
Gilda.
A transfiguração da sombra
Queria entender os rituais das marés no retorno dos pássaros aqueles que viajam infinitos amainan...
Enviado por Gilda.
em 28/03/2021 13:59:46
Offline
Gilda.
Poema maquilhado
Encosto os meus silêncios às esquinas do tempo colado a fascínios antigos escritos em palavras ...
Enviado por Gilda.
em 27/03/2021 13:57:09
Offline
Gilda.
Curriculum vitae
Lembro um tempo de horizontes rubros a aprender caminhos manhãs a vestirem melodias sobre a pele ...
Enviado por Gilda.
em 26/03/2021 15:33:37