https://www.poetris.com/

 
(1) 2 »
Offline
flipe
Quero voltar para o teu colo
Quero voltar para o teu colo, sentir a procedência, de toda a essência. Abraçar cada laço de ener...
Enviado por flipe
em 29/03/2020 13:07:22
Offline
flipe
Dias de Maresia
Eram dias de Maresia, de um sol que não cessava, nem tao pouco, aquilo que nos abraçava. Gestos ...
Enviado por flipe
em 26/03/2020 23:03:33
Offline
flipe
Entre linhas
Entre linhas, somas e somatórios, de lugares insanos, profanos, abro o aberto, e sigo o incerto....
Enviado por flipe
em 25/03/2020 23:51:04
Offline
flipe
Não existem mais dias nem horas
Não existem mais dias nem horas, somente instantes, em ajuntamento, que fazem do tempo, momento....
Enviado por flipe
em 22/03/2020 14:22:44
Offline
flipe
Oiço vozes do além
Oiço vozes do além, o sussurro torna-se grito, e a entrega, ajusta-se na facilidade, da única ...
Enviado por flipe
em 21/03/2020 11:55:02
Offline
flipe
Demónios
Demónios, esses seres do vazio, que se alimentam do silêncio negro, e quebram pensares, de pu...
Enviado por flipe
em 20/03/2020 20:11:48
Offline
flipe
Entre o nada e o tudo
Entre o mar e maresia, o salgado doce, as tuas palavras, lábios, expressões, uma infinidade de te...
Enviado por flipe
em 18/03/2020 13:01:56
Offline
flipe
Curvas de uma contradição
Desconstruído, quebrado, moído, cadeiras vergas de pau escuridão, oco de serpente, desilusão. Mar...
Enviado por flipe
em 17/03/2020 20:01:17
Offline
flipe
Perda
Colhia o dia, e doía, uma perca de um sentir, onde apenas te via surgir. De semblante nublado, ge...
Enviado por flipe
em 16/03/2020 19:54:51
Offline
flipe
Abraço
Porque não um abraço, ou um pequena laço, de mão vazia, agarro a ventania, e fecho-a…, esperando ...
Enviado por flipe
em 15/03/2020 15:24:30
Offline
flipe
E assim me perdi
E assim me perdi, o que vi não senti, fui, fui fugindo, saindo, pouco a pouco, caindo. Bati, e le...
Enviado por flipe
em 14/03/2020 21:34:48
Offline
flipe
Briza de entrelaçes
Briza de entrelaçes, que tomas enlaces, navega no meu eu, toma partes, e partitudes, de uma melod...
Enviado por flipe
em 28/09/2008 10:52:08
Offline
flipe
Não tarda...
Não tarda, cinco dias começam, um a um, hora a hora, minuto a minuto, cinco dias de um amanhecer,...
Enviado por flipe
em 14/09/2008 22:10:50
Offline
flipe
sinto frio...
Sinto frio… Sinto um querer tanto, tanto dar, abraçar, tocar, sinto um silenciar, numa alvorada, ...
Enviado por flipe
em 03/09/2008 21:35:20
Offline
flipe
Aqui estou,..
Aqui estou, aqui me faço estar, aqui sou um elemento, de um desconhecido procurar. Neste rio, de...
Enviado por flipe
em 02/09/2008 23:13:52
Offline
flipe
A incerteza da mudança.
E num instante, tudo muda, tudo parece chamar, a um desejado estar. Ainda nas nuvens, espero o re...
Enviado por flipe
em 29/08/2008 11:44:54
Offline
flipe
Perduro...
Perduro num tempo esquecido, num trecho contido, de aqui pertencer, mas não querer; de aqui esta...
Enviado por flipe
em 25/08/2008 18:04:26
Offline
flipe
Perdoem-me palavras e poesias.
Perdoem-me palavras e poesias, letras e sinfonias, se não vos entrelaço, e incapaz, vos não faço,...
Enviado por flipe
em 08/08/2008 10:42:09
Offline
flipe
E assim, abro os olhos...
E assim, abro os olhos, sinto o dia a chamar-me, a segredar-me, vem, caminha sobre mim, que o h...
Enviado por flipe
em 02/08/2008 10:16:53
Offline
flipe
Pétalas fechadas…
Pétalas fechadas, pólen resguardado, acesso negado, olhar rebaixado. Se somente açúcar levassem...
Enviado por flipe
em 01/08/2008 23:15:10
(1) 2 »