https://www.poetris.com/

 
(1) 2 3 4 ... 43 »
Offline
LucianoSpagnol
OLHO-TE
Olho-te - o espanto de meus olhos salta - Da tua boca o beijo num delicado cheiro De tuas mãos aq...
Enviado por LucianoSpagnol
em 07/02/2019 11:04:03
Offline
LucianoSpagnol
ÉS O CERRADO COM UM LAMENTO TRISTE
És o cerrado com um lamento triste escorre o entardecer na melancolia e tua alma bela no encanto ...
Enviado por LucianoSpagnol
em 06/02/2019 23:24:27
Offline
LucianoSpagnol
A VOZ DA POESIA
Em uma imaginação onusta e calada Refúgio ignoto e sacro da inspiração A ampla magia da ilusão em...
Enviado por LucianoSpagnol
em 05/02/2019 15:19:09
Offline
LucianoSpagnol
RELÓGIO
Sou as horas que anda, que anda Segundos, sem fim, sem dimensão Vou levando verás, agridoce ilusã...
Enviado por LucianoSpagnol
em 03/02/2019 14:08:01
Offline
LucianoSpagnol
REI VERÃO
O teu mandar verão!... Está cheio Cheio de suor e alta temperatura Como arde o sol na sua quentur...
Enviado por LucianoSpagnol
em 02/02/2019 18:23:16
Offline
LucianoSpagnol
MOTIM
No fundo da minha poesia, clamor E ouço apertos e queixas sangradas Milhões de aspirações sepulta...
Enviado por LucianoSpagnol
em 31/01/2019 16:10:49
Offline
LucianoSpagnol
UM AMOR
Foste o amor maior de minha existência, ou talvez o danado... o pior ou o gentio, glória e tormen...
Enviado por LucianoSpagnol
em 30/01/2019 20:58:07
Offline
LucianoSpagnol
Minha Terra, richiamo
Ah! Quem há de gabar, recordação impotente e escrava O que o presente diz, o que a saudade escrev...
Enviado por LucianoSpagnol
em 20/01/2019 17:40:57
Offline
LucianoSpagnol
A RUA
Não era itinerário nem outra nova direção Suspiros! Calor no cerrado. Lembrança Aqui havia uma r...
Enviado por LucianoSpagnol
em 23/12/2018 18:03:40
Offline
LucianoSpagnol
ALVORADA CHUVOSA
Fulge em nebuloso dia, o cerrado. O céu delira As nuvens rugem, chora chuva rojando ao chão Há to...
Enviado por LucianoSpagnol
em 25/11/2018 10:14:32
Offline
LucianoSpagnol
NATAL, CHEGOU!
Ah! Natal, soam sinos na noite iluminada Ecoam cânticos vivos de cândida poesia E toda a vida pa...
Enviado por LucianoSpagnol
em 24/11/2018 10:12:31
Offline
LucianoSpagnol
PAIXÕES
Amores, latejo em ti, nas saudades, por onde Estive! e sou estórias, e rasto, e madrugadas E, em ...
Enviado por LucianoSpagnol
em 22/11/2018 00:35:26
Offline
LucianoSpagnol
PER VIVERE DI NUOVO
Se aos iguais pesares me convidas Com as mesmas dores dilacerantes Para eu saudosar pelas horas i...
Enviado por LucianoSpagnol
em 19/11/2018 22:53:44
Offline
LucianoSpagnol
Os 60
Os sessenta anos duma alma inquieta Cabelos brancos, a face vivida, poente Os olhos no qual se tr...
Enviado por LucianoSpagnol
em 19/11/2018 11:19:28
Offline
LucianoSpagnol
ME PERDI, E ME ACHEI
Não me perdi na imensidão... me perdi Na melancolia do cerrado. E me julguei No chão, e da terra...
Enviado por LucianoSpagnol
em 18/11/2018 16:41:25
Offline
LucianoSpagnol
PROFISSÃO DE FÉ
Sempre, uma crença mal afamada Vives na letargia, duma farsa matula No eco do inferno que ali esp...
Enviado por LucianoSpagnol
em 18/11/2018 09:54:51
Offline
LucianoSpagnol
VEJO-TE
Vejo-te: - a magia nos meus olhos aprecia - Do belo em pranto no admirar por inteiro Do por do so...
Enviado por LucianoSpagnol
em 17/11/2018 20:14:17
Offline
LucianoSpagnol
NOSTALGIA
Como quisesse amado ser, deixando O coração sonhador, espaço em fora A paixão, sem olhares e sem...
Enviado por LucianoSpagnol
em 15/11/2018 21:35:28
Offline
LucianoSpagnol
VERSOS, TATUADOS, LUCIANO, SPAGNOL, POESIA, ARAGUARINO
Corpo do soneto, em versos tatuados A poesia em delírio, e a mão a poetar Impulso que pulsa, sonh...
Enviado por LucianoSpagnol
em 13/11/2018 02:38:08
Offline
LucianoSpagnol
ANDOU
Como quisesse alegre ser, deixando O queixume rotativo, zunindo a hora O tédio, ao bafejo sequios...
Enviado por LucianoSpagnol
em 11/11/2018 23:13:51
(1) 2 3 4 ... 43 »